Arquivo da tag: leitura

“Amar a leitura é trocar horas de fastio pro horas de inefável e deliciosa companhia” JFK

Fonte: Biblioteca do Senado.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Projeto inclui a leitura como forma de reduzir a pena de condenados

De acordo com o projeto, cada livro lido e resenhado valeria três dias a menos na prisão, com o limite de um livro por mês. O objetivo é estimular o preso a desenvolver atividades que podem favorecer a sua reinserção no mercado de trabalho e, consequentemente, a sua ressocialização. Entenda: http://bit.ly/1Q4RrPD

Você é a favor ou contra? Vote: http://bit.ly/1UOsMOL

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Um livro pode transformar o seu mundo? Globo Repórter conta histórias de brasileiros apaixonados pela leitura

Um livro pode transformar o seu mundo?

Programa desta sexta (11) mostra a vida de quem conseguiu reescrever a própria história: são os loucos por livros!
g1.globo.com

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Projeto cultural ‘Navegando e Lendo’ disponibiliza livros para leitura em barcos no AM

O  estudante Kilderi Braga, de 13 anos, que estava a bordo da embarcação “Almirante Azevedo”, um dos 10 barcos que possuem uma prateleira do projetoO estudante Kilderi Braga, de 13 anos, que estava a bordo da embarcação “Almirante Azevedo”, um dos 10 barcos que possuem uma prateleira do projeto

Uma concepção pioneira que está em busca de ampliar o seu alcance. Assim, o projeto cultural “Navegando e Lendo”, que disponibiliza livros de literatura em barcos regionais que fazem viagens pelo interior do Amazonas, busca apoio para criar uma biblioteca pública na comunidade Santa Cruz, no bairro de Flores, na Zona Centro-Sul.

O primeiro passo já foi dado. Mais de 7 mil livros de gêneros diversos estão guardados em um sala da Igreja Católica Bom Pastor, que funciona no bairro. No entanto, o espaço pequeno e a falta de um local adequado para guardar cada unidade está deixando o criador do projeto, Jorge Klein, preocupado.

“Eu queria deixar esses livros em um local mais acessível para que crianças e adolescentes pudessem ler, mas aqui não temos condições. Estamos em buscar de um contêiner para viabilizar a biblioteca pública”, afirma o mentor do projeto. Klein conta que a ideia iniciou por ser um apaixonado pela leitura e por acreditar que os livros podem proporcionar mudanças na vida de uma pessoa. Continua. Fonte: A crítica.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Brasil Exemplar: projeto de incentivo à leitura propõe envio de livros gratuitos para todo o país

Brasil Exemplar aposta na participação colaborativa

É sempre gratificante quando nos deparamos com bons e relevantes projetos que misturam inclusão social e cultural ao mesmo tempo. A Brasil Exemplar, que é uma organização sem fins lucrativos, vem trabalhando em prol do incentivo à leitura e lançou recentemente um projeto que propõe expandir e socializar cada vez mais o acesso à literatura brasileira e no Brasil, através da distribuição gratuita de livros.

Entenda

Como participar

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Tablet para deficientes visuais usa bolhas para gerar textos em braile e imagens 3D

O Blitab ainda está em fase de protótipo, mas deve ser lançado em 2016 por 6 mil reais
info.abril.com.br|Por Gabriel Garcia

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça admite remição pela leitura

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça – STJ concedeu ordem, de ofício, no Habeas Corpus n. 312.486/SP admitindo a remição pela leitura.

O paciente, no caso em questão, encontra-se cumprindo pena privativa de liberdade em regime fechado e requereu ao Juízo das Execuções Penais a remição de 4 (quatro) dias de pena em virtude da leitura do livro A Cabana. Diante da declaração da remição efetuada em primeira instância, o Ministério Público interpôs Agravo em Execução, requerendo a cassação da decisão recorrida, ao qual foi dado provimento pela Primeira Câmara do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, conforme se verifica na seguinte ementa:

POLICIAL MILITAR. Agravo de Execução Penal. Recurso interposto pelo Ministério Público contra decisão de primeiro grau que concedeu remição da pena por leitura ao sentenciado. recomendação do Conselho Nacional de Justiça. Ausência de previsão legal. Interpretação extensiva da Lei n. 7.210/1984 inaplicável ao caso. Leitura do livro “A Cabana”. Simples resumo, que facilmente pode ser conseguido na rede mundial de computadores. Hábito da leitura deve ser incentivado sempre, não com o intuito de diminuir a pena, mas pelo prazer de ler e de aprender. Provimento do agravo ministerial.

A Defensoria Pública, por sua vez, impetrou Habeas Corpus substitutivo junto ao Superior Tribunal de Justiça, pleiteando o reconhecimento da legalidade da remição pela leitura, não tendo sido este conhecido em razão do entendimento pela inadmissibilidade de HCs substitutivos; contudo, a ordem foi concedida de ofício, no sentido do restabelecimento da decisão inicial, admitindo o desconto da pena pela leitura.

De acordo com o Min. Relator Sebastião Reis Junior, “mesmo que se entenda que o estudo, tal como inserido no dispositivo da lei, não inclui a leitura – conquanto seja fundamental à educação, à cultura e ao desenvolvimento da capacidade crítica da pessoa –, em se tratando de remição da pena, é, sim, possível proceder à interpretação extensiva em prol do preso e da sociedade, uma vez que o aprimoramento dele contribui decisivamente para os destinos da execução. Além do mais, seria uma contradição deste Tribunal não admitir a leitura como causa de remição após tanto o CNJ e o Conselho da Justiça Federal – CJF (que é presidido por Ministro desta Casa), em conjunto com o Ministério da Justiça/Depen, regulamentarem o assunto. Manter a decisão impugnada será o mesmo que tornar letra morta tanto a Recomendação n. 44/2013 do CNJ quanto a Portaria Conjunta n. 276/2012 do CNJ/Depen”. Continua. Fonte: Empório do Direito.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Leitura de livros pode ser motivo para desconto de pena, decide STJ

Embora não esteja expressamente prevista na Lei de Execução Penal (LEP), a possibilidade de remição da pena pela leitura foi reconhecida pela 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça em julgamento de Habeas Corpus relatado pelo ministro Sebastião Reis Júnior.

A decisão levou em conta a Recomendação 44/13 do Conselho Nacional de Justiça, que trata das atividades educacionais complementares para fins de remição pelo estudo e propõe a instituição, nos presídios estaduais e federais, de projetos específicos de incentivo à remição pela leitura. De acordo com o relator, atualmente esse modelo vem sendo adotado em vários estados do Brasil, inclusive em São Paulo. Continua. Fonte: Conjur.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

RN é o estado com maior número de bibliotecas rurais

A pequena Isabel de Souza, moradora da zona rural de Pedro Avelino, já se habituou à leituraA pequena Isabel de Souza, moradora da zona rural de Pedro Avelino, já se habituou à leitura

O Rio Grande do Norte é o estado brasileiro com maior número de unidades no Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras. Desde a implantação do projeto no Estado, em março de 2004, já foram distribuídas 659 bibliotecas com quase 90 mil livros, lidos pelos 117.800 leitores cadastrados e 1.069 agentes de leitura capacitados pela Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e de Apoio à Reforma Agrária (Seara). Continua. Fonte: Tribuna do Norte.

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Onde se semeia a leitura, as ideias florescem

Deixe um comentário

26/05/2015 · 16:26

Saiba como evitar desconforto ao ler em computadores e tablets

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Vídeo: Tem mais gente lendo.

Assista. Fonte: Tem Mais Gente Lendo
Em tempos de tecnologia à palma da mão, quem ainda prefere os bons e velhos livros de papel chama a atenção por onde anda. E foi prestando atenção em quem aproveita o tempo de trajeto do metrô para ler que quatro amigos criaram o projeto “Tem mais gente lendo”, no qual mostram pessoas e seus livros para festejar, cultuar e apoiar o gesto da leitura nos espaços públicos. Continua. Fonte: http://linometro.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Empresa paga R$ 100 por cada livro que funcionários leem

Reprodução Em São Paulo, a empresa AlphaGraphics decidiu incentivar seus funcionários de um jeito diferente. Ciente de todos os benefícios promovidos pela leitura, eles lançaram o programa de incentivo à leitura entre seus colaboradores. A princípio, o projeto beneficiou cerca 30 de profissionais de duas redes da capital paulista, mas a ideia é estender a campanha para as unidades de todo país.

Após ler um livro, que obrigatoriamente deve envolver o tema de negócios,  o funcionário pode fazer a apresentação da obra para a equipe da AlphaGraphics, expondo seus principais conceitos somado aos próprios conhecimentos adquiridos. Se for aprovado pelos colegas, o leitor ganha R$ 100.

Assim, caso consiga realizar 12 apresentações, todas aprovadas pelo time, o funcionário ainda ganha mais R$ 600 como prêmio, atingindo R$ 1.800 de bonificação extra por ano.

Todos os colaboradores da AlphaGraphics têm acesso à biblioteca interna com mais de 140 livros de negócios disponíveis, como “A Loja de Tudo”, “O Verdadeiro Poder”, “O 8º Hábito – da Eficácia à Grandeza” e “Startup Enxuta”, entre outros. Fonte: CatracaLivre

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

A difícil decisão de desistir de ler um livro

4c3b0f964839b57958ab10036c04fcbb

Leitores maníacos têm uma compulsão única: devorar livros. Não importa quantos ainda estão na prateleira de casa aguardando ser lidos, novos livros sempre são bem vindos em suas listas.

E que jogue a primeira pedra quem nunca julgou um livro pela capa. Aquele título que te chama atenção, aquele desenho instigante que te faz querer ler todas aquelas páginas inexploradas… Escolher um novo livro de autor e gênero desconhecido não necessariamente é um problema, mas pode gerar um desgosto. E em alguns casos, até os escritores e gêneros conhecidos tem esse poder assustador.

Se depois de iniciado as primeiras páginas não te chamaram tanta atenção, o gênero não te agradou, a maneira como foi escrito não te segurou, a história não tem a graça que você esperou e o primeiro capítulo foi arrastado e difícil de ler, o que você faz? Aquele dilema tortuoso entre desistir ou insistir se faz presente e nem sempre a decisão será a melhor no final.

Aquela velha história: a primeira impressão nem sempre é a que fica. Mas em grande parte das situações pode ser. Desistir de ler um livro não é uma decisão fácil, mas pode ser a decisão mais sábia; como dizem por aí: a vida é curta demais para ler um livro que não gostamos.

As prateleiras das livrarias e bibliotecas estão repletas de outros livros que podem se enquadrar melhor ao seu gosto ou ao seu momento. Desistir daquele livro que não te deixou ansioso pelas próximas folhas nem sempre é a pior decisão, pode ser a melhor.

Existe também a outra situação: livros complicados, que nos dispersam fácil. Leitura difícil, carregada, que exige demais de nós mesmos. Ou aquela leitura técnica proveniente da universidade que vez ou outra segue empurrada até a última palavra. Nesses casos a desistência tem outro motivo, e aqui sim o insistir pode ser necessário.

Obrigatoriedade ou não, o importante é ter certeza de algo: optar por desistir de um livro não te faz menos leitor, te faz um bom selecionador.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Aprenda como ler mais de 100 livros por ano

Ao final deste texto, você verá que não é necessário nenhuma fórmula mágica para esta nobre meta de ler “mais de 100 livros por ano” – sem apelar à leitura dinâmica.
Deixemos a discussão “quantidade x qualidade” para o final, ok?

Além de ser um texto didático, onde você aprenderá as maneiras de alcançar o prometido no título, preciso dizer que este é um texto de testemunho pessoal, ou seja: Como eu consegui ler mais de 100 livros por ano.
Quando por volta dos quinze anos de idade li num livro chamado Efeito Medici, de Franz Johansson, que uma empreendedora americana acreditava que suas ideias vinham das muitas leituras, mais de 100 livros por ano, eu disse a mim mesmo que jamais conseguiria esta meta.
Eu me enganei.
 Como consegui atingir a meta dos 100 livros? Vamos às dicas. Fonte: Homo Literatus via Leitura

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa