Arquivo da tag: MPT em Quadrinhos

MPT EM QUADRINHOS

Geralmente encontramos nas historias em quadrinhos heróis que vooam, têm super força, veste armaduras… Nesta série nossos heróis são os da vida real: aqueles q acordam cedo para construir o nosso país e que muitas vezes sequer conhecem seus direitos.

http://www.mptemquadrinhos.com.br/

Ao fazer uso de códigos visuais e verbais das hisórias em quadrinhos, a série leva a todos, de maneira lúdica, um mundo novo de direitos e saberes numa linguagem fácil e acessível, assim, você terá acesso as informações atuais do cotidiano, que te ajudarão a incorporar os supor poderes da informação e do conhecimento e fazer valer sus direitos e deveres. Boa leitura!

+ CONHEÇA TODAS AS EDIÇÕES

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Dos quadrinhos para as telas: MPT lança desenho animado sobre trabalho infantil

Animação é a primeira adaptação da série que já tem 37 edições

Cuiabá (MT), 12/07/2019 – Um mês após o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil e um dia antes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completar 29 anos, o Ministério Público do Trabalho lança a primeira adaptação do projeto MPT em Quadrinhos para o formato de desenho animado e convoca a sociedade, mais uma vez, a refletir sobre os prejuízos do trabalho infantil. O lançamento ocorrerá nesta sexta-feira (12), às 9h (horário de Brasília), e poderá ser acompanhado pelas redes sociais do MPT.

Entre as 37 edições já publicadas pelo MPT em Quadrinhos, a escolhida para dar início às adaptações foi a nº 2: Trabalho Infantil – Mitos e Verdades. O desenho conta a história de Lucas, uma criança que trabalha em uma feira para ajudar o pai. Um dia, Larissa e João, personagens fixos da série, estão fazendo compras quando o menino se oferece para carregar as sacolas. “Mas isso aqui tá muito pesado pra você”, diz Larissa, com ar de reprovação. Quando o pai do garoto se aproxima e é questionado sobre a situação, tenta se justificar. “Eu mesmo comecei a trabalhar logo cedo, se bem que eu larguei a escola, mas o Lucas continua estudando direitinho”.

A partir daí toda a história toda se desenrola, culminando na exposição dos riscos à saúde física e psicológica provocados pelo trabalho infantil, e no esclarecimento sobre a importância do fortalecimento da rede de proteção dos direitos das crianças e adolescentes.

O vídeo terá versões acessíveis em Libras, AD (audiodescrição) e com legenda, e será disponibilizado no canal do projeto no Youtube (http://bit.ly/quadrinhos_youtube). Para quem curte ler uma HQ, a versão original pode ser encontrada no site www.mptemquadrinhos.com.br, nos formatos FlipBook e PDF.

“O trabalho infantil é um tema muito sensível, complexo e delicado, que requer muita reflexão. Podermos contar com instrumentos acessíveis e interessantes, como revistas em quadrihos e animações, permite uma aproximação importante com a sociedade, sensibilizando e conscientizando as pessoas para os diversos riscos e prejuízos que estão por trás dessa prática ainda tão tolerada, e ao mesmo tempo tão danosa à infância”, afirma a coordenadora nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) do MPT, Patrícia de Mello Sanfelici.

A campanha foi custeada com verba de indenização por dano moral coletivo paga por uma empresa que descumpriu a legislação trabalhista. O valor foi fixado em Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com o MPT para encerrar o caso. A procuradora do Trabalho Ludmila Pereira Araújo, da PTM de Alta Floresta (MT), viabilizou o acordo.

Ela explica quais foram os motivos que a levaram a escolher o tema para iniciar a série de desenhos animados. “A escolha do tema trabalho infantil para estrear o primeiro desenho adaptado dos quadrinhos se deu porque ele está na pauta do dia. O Brasil se comprometeu internacionalmente a erradicar o trabalho infantil até 2020. Infelizmente, estamos muito distantes de alcançar isso”.

Hoje, cerca de 2,7 milhões de crianças e adolescentes entre cinco e 17 anos estão trabalhando no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São crianças expostas a condições bem distantes da fantasiosa ideia de que o trabalho infantil enobrece. São crianças que trabalham na agricultura, pecuária, no comércio, nos domicílios, nas ruas, na construção civil. Que são exploradas, que abandonam a escola, que adoecem e que se acidentam, muitas vezes perdendo o viço e a vida que mal começaram a ter.

Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde mostram que o Brasil registrou de 2007 a 2018 quase 44 mil acidentes de trabalho com crianças e adolescentes entre cinco e 17 anos. Nesse mesmo período, 261 meninas e meninos perderam a vida trabalhando.

“O trabalho infantil é um problema que gera mortes, sequelas físicas, alcoolismo, uso de drogas, prostituição e evasão escolar. A sociedade, diante de ideias equivocadas, passa a enxergar o trabalho infantil não como um problema, mas como uma solução para criança pobre, que passa necessidade socioeconômica”, explica Ludmila.

“Essas ideias são mitos extremamente perversos”, continua a procuradora, pois “incutem nas pessoas algo como verdade, o que acaba por gerar ali uma espécie de vírus da inanição, da passividade, de permissibilidade. Esse pensamento gera comportamento, gera aceitação do trabalho infantil e não é nada bem-vindo para a tarefa de erradicar, combater e prevenir o trabalho infantil. É preciso que a gente argumente, conscientize e desconstrua. Somente assim, mudando o pensamento e a consciência, que as ações para a proteção da infância e da juventude perdidas em situação de trabalho poderão ocorrer”.

Lançamento – Além do compartilhamento via redes socais, o desenho será lançado durante a IV Edição do Sarau das Artes e da Culinária Típica de Juína (730 km de Cuiabá), na sexta-feira (12). O evento ocorrerá no Bosque da Lagoa da Garça e é uma realização da Prefeitura e da Secretaria de Cultura locais.

Na ocasião também ocorrerá a entrega dos prêmios aos ganhadores da etapa municipal do Prêmio MPT na Escola, nas categorias música, conto, desenho, poesia e curta-metragem. Os alunos foram divididos em Grupo 1, com estudantes do 4º e 5º anos, e Grupo 2, com estudantes do 6º e 7º anos. Todos os trabalhos vencedores serão expostos no Sarau, com o objetivo de homenagear e incentivar escolas municipais e estaduais, educadores, alunos e a comunidade em geral a engajarem-se na luta contra a exploração do trabalho infantil.

Sobre a série – A série MPT em Quadrinhos foi criada pelo Ministério Público do Trabalho no Espírito Santo (MPT-ES) e já conta com 37 edições publicadas e distribuídas para todo o país. As edições abordam temas relacionados ao mundo do trabalho e, de forma simples e lúdica, tentam levar conhecimento à população sobre direitos e deveres, proporcionando, assim, o exercício da cidadania. Estima-se que mais de 3,3 milhões de revistas tenham sido impressas desde o lançamento do projeto.

*Fonte: MPT-MT

Assessoria de Comunicação (Tatiana Lima e Rachid Jereissati)
Ministério Público do Trabalho no RN
Fones: (84) 4006-2820 ou 2893/ 99113-8454
Instagram: @mpt.rn / Twitter: @MPTRN
E-mail: prt21.ascom@mpt.mp.br

1 comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos

MPT em quadrinhos nº 37: Constituição Federal e MPT: 30 anos

A nova edição da revista MPT em Quadrinhos é sobre os 30 anos da Constituição Federal.

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

MPT em Quadrinhos nº 35: Abril Verde

Você conhece a Campanha Abril Verde? Sabe como surgiu a iniciativa? Qual é o objetivo? Sociedade, órgãos públicos, empresas públicas e privadas, entidades de classe, associações, sindicatos e federações: todos estão envolvidos no movimento! A nova revista da série MPT em Quadrinhos traz diversas informações sobre o tema.

Buscando uma nova pauta com forte impacto social, a jornalista Bianca decide falar sobre o movimento Abril Verde e entrevista a doutora Érica, especialista em saúde e segurança do trabalhador. Diversas pessoas que sofreram acidentes durante o labor também são convidadas a participar da reportagem e relatam suas histórias.

Boa leitura!

http://www.mptemquadrinhos.com.br/flip/numero35/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT em Quadrinhos nº 34: Sindicatos

Você sabe o que é um sindicato? O que faz? Para que serve? Muitas pessoas acham que sabem baseadas em informações superficiais, opiniões de conhecidos e estereótipos. A nova edição da série MPT em Quadrinhos tira dúvidas sobre o tema.

Douglas acha que sindicatos só atraem confusão. Ir às reuniões sindicais é ser encrenqueiro. De onde vêm essas ideias? Jonas percebe que o colega não sabe o que realmente é um sindicato e decide, então, explicar tudo que sabe sobre o assunto.

Boa leitura!

http://www.mptemquadrinhos.com.br/edicoes/sindicatos/

HQ34

 

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT em Quadrinhos aborda as piores formas de trabalho infantil

A Lista TIP brasileira classifica 93 atividades que apresentam riscos para a saúde física e mental de crianças e adolescentes

Vitória – A Lista das Piores Formas de Trabalho Infantil (TIP) classifica as piores formas dessa prática  e é conhecida mundialmente por definir as atividades de maior risco para a saúde e segurança de crianças e adolescentes. Isso inclui, por exemplo, o trabalho escravo e a exploração sexual infantil. A nova revista da série MPT em Quadrinhos explora o tema e aponta dados alarmantes sobre essa triste realidade.

Em uma certa tarde, durante o trajeto de ônibus, um dos passageiros lê uma notícia sobre uma criança que trabalhou vendendo balas na rua para pagar a festa de aniversário. Admirado, elogia o ato, dando início ao que se torna uma discussão importante sobre trabalho infantil com os outros passageiros.

Dados atuais – A Lista TIP brasileira classifica 93 atividades que apresentam riscos para a saúde física e mental, e para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. Foi produzida pela Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (Conaeti), em parceria com o Governo Federal e a sociedade civil. Conheça mais sobre a lista aqui.

Só em 2016, no Brasil, foram resgatadas mais de 2 mil crianças que exerciam atividades consideradas como piores formas de trabalho. Em 2017, no primeiro semestre foram contabilizadas mais de 700 denúncias ao Ministério Público do Trabalho. Feiras públicas, semáforos, carvoarias e aterros sanitários são alguns exemplos de locais comuns onde se encontram crianças em situação de risco.

Ainda em 2017, o governo do Estado do Espírito Santo sancionou a lei 10.755/2017 instituindo o “Junho Vermelho”, com o intuito de dedicar o mês ao debate sobre o trabalho infantil, para prevenção e erradicação da prática. O mês foi escolhido por celebrar, no dia 12, o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Há a necessidade de conscientizar a população, desmistificar alguns ditos populares (como “é melhor trabalhar do que roubar”) e criar ações de combate com o apoio da sociedade.

Sobre a série –  A série “MPT em Quadrinhos” foi elaborada pelo Ministério Público do Trabalho no Espírito Santo (MPT-ES) e já conta com 33 edições publicadas, abordando diversos temas: trabalho infantil, saúde e segurança no trabalho, assédios moral e sexual, direitos do trabalhador e muitos outros. Todas as edições estão disponíveis no site www.mptemquadrinhos.com.br e na página do série no facebook https://www.facebook.com/quadrinhosmpt/.

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT em quadrinhos: Não perca seus direitos! Conheça a reforma trabalhista

Revista 31 - Reforma Trabalhista

Acesse

http://www.mptemquadrinhos.com.br/pdf/HQ31.pdf

http://www.mptemquadrinhos.com.br/flip/numero31/files/assets/basic-html/index.html#1

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura, E-books, Bibliotecas Digitais

Cartilha “Trabalho infantil doméstico”

Acesse: MPT em quadrinhos.

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

PGT lança MPT em Quadrinhos sobre telemarketing

Revista tem o objetivo de levar à sociedade informações sobre o direito trabalhista de forma lúdica e intuitiva

Brasília – O setor de telemarketing é um dos que mais tem registros de trabalhadores que sofrem assédio moral. Só em 2014 e 2015, o Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu cerca de 2 mil denúncias sobre o tema. Para chamar a atenção para o problema e orientar como pode ser denunciado, o procurador-geral do Trabalho (PGT), Ronaldo Fleury, lançou nesta quarta-feira (2), em Brasília, a revista “MPT em Quadrinhos Telemarketing: do outro lado da linha”.

Para Fleury, o assédio moral tem provocado um aumento alto no número de adoecimento nos trabalhadores. “Só há um caminho com eficácia para combater esse problema, que é o trabalho em conjunto. Portanto, continuaremos atuando dessa forma para mudar essa realidade e diminuir o sofrimento dos trabalhadores.”  (…)

Revista – Com distribuição gratuita e disponível na internet (www.mptemquadrinhos.com.br), a revista aborda como é o trabalho nas empresas de call center contada por uma jovem de 18 anos. Ela descreve a rotina diária que precisa ser cumprida com metas e regras rígidas que vão desde o horário do lanche, o tempo reduzido para ir ao banheiro ao rodízio de gravidez, que é a obrigação de avisar a chefia a intenção de engravidar.
A revista é um projeto do MPT no Espírito Santo com o objetivo de levar à sociedade informações sobre o direito trabalhista de forma lúdica e intuitiva, por meio dos recursos simples das histórias em quadrinhos.  Fonte: MPT-PGT.

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT alerta sobre os malefícios do uso indiscriminado de agrotóxicos

artilha orienta trabalhadores sobre o manuseio e descarte do produto

Natal (RN), 02/12/2015 – Nesta quinta-feira (3), é celebrado o Dia Mundial de Combate aos Agrotóxicos. A data é destinada à reflexão e à ação contra o uso indiscriminado desses produtos, que resulta em danos ao meio ambiente e à saúde, tanto dos trabalhadores agrícolas que lidam diariamente com a nocividade dos pesticidas, como dos consumidores que estão sujeitos à ingestão desse inimigo invisível através da alimentação.

A partir de 2009, o Brasil tornou-se o maior consumidor mundial de agrotóxicos, de acordo com levantamento do Instituto Nacional do Câncer (Inca). O país lidera esse ranking negativo com o consumo médio anual de um milhão de toneladas de produtos dessa natureza, o que equivale a 5,2 kg de veneno por habitante.

Em 2014, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou levantamento com amostras de alimentos em todo o país. No estudo, 25% apresentavam resíduos de agrotóxicos acima do permitido.

No Rio Grande do Norte, a fiscalização dos níveis de agrotóxicos nos alimentos é feita através da Subcoordenadoria da Vigilância Sanitária (Suvisa/RN), responsável pela coleta de amostras de frutas e hortaliças comercializadas em supermercados da região. Em 2014, o trabalho da Suvisa/RN detectou níveis acima do aceitável em amostras de pimentão. Neste ano, a uva e a laranja foram as vilãs, também apresentando resíduos agrotóxicos além do limite tolerável.

Ação – Para marcar o Dia Mundial de Combate aos Agrotóxicos, o Ministério Público do Trabalho lançou nesta semana uma nova edição do informativo “MPT em Quadrinhos”. A publicação aborda a questão dos agrotóxicos, alertando sobre os malefícios do uso indiscriminado dos pesticidas e orientando trabalhadores sobre os cuidados no manuseio e descarte adequado do produto.

A edição está disponível para download no site http://www.mptemquadrinhos.com.br.

Condenação – Em 2012, a empresa norte-americana de fruticultura Del Monte Fresh Produce foi condenada ao pagamento de R$ 1 milhão por danos morais coletivos, devido à prática reiterada de irregularidades trabalhistas em sua unidade localizada no Vale do Assú. Dentre as condutas que atentavam contra o meio ambiente e saúde dos empregados, estava a exposição dos trabalhadores a agrotóxicos sem equipamento de proteção adequado, resultando em doenças graves, como o câncer, conforme comprovam os depoimentos relatados no processo.

A condenação, obtida em ação ajuizada pelo MPT/RN na Vara do Trabalho de Assú, foi confirmada em acórdão proferido pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT/RN), em 2013.

Ajustamento – As empresas Vale Verde e Biosev, localizadas nos municípios de Baía Formosa e Arez, respectivamente, firmaram termo de ajustamento de conduta (TAC) com o MPT/RN para adequação de uma série de normas trabalhistas que estavam sendo descumpridas. Uma das cláusulas dos documentos exigiu a implementação de programa de acompanhamento da saúde dos trabalhadores que atuam na aplicação de agrotóxicos, através da realização de exames periódicos.

No ano passado, devido a descumprimento do TAC, a Vale Verde firmou acordo extrajudicial para pagamento de multa no valor de R$ 60.214. O montante foi revertido para a Casa de Apoio à Criança com Câncer (CACC), que recebeu R$ 40.214, e para o Centro de Assistência Toxicológica do RN (Ceatox), beneficiado com R$ 20 mil.

Assessoria de Comunicação (Thales Lago e Carolina Villaça)
Ministério Público do Trabalho no RN
Fones: (84) 4006-2893 / 99113-8454
Twitter: @MPTRN
E-mail: prt21.ascom@mpt.gov.br

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

MPT em Quadrinhos nº 19: Agrotóxicos

Número 19 - Agrotóxicos

acesse

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura, E-books, Bibliotecas Digitais

MPt em Quadrinhos: Doenças Ocuacionais

Vamos acompanhar a história de Joaquim nessa edição. Ele, quando jovem, ingressou em uma empresa onde trabalhava desossando frangos, por anos enfrentou a esteira e cada vez tinha que repetir de forma mais rápida os movimentos necessários para a realização de sua tarefa.

Até que um dia ele começa a sentir dores.

Vamos acompanhar o drama de Joaquim e de outras pessoas que foram acometidas de doenças ocupacionais. Vamos conhecer as principais doenças e aprender mais sobre esse assunto que é de suma importância para o Ministério Público do Trabalho e para a Organização Internacional do Trabalho (OIT), que estima que as doenças relacionadas ao trabalho vitimem mais de 5.500 pessoas por dia no mundo.

Venha conhecer essa história e aprender um pouco mais sobre esse tema e como podemos combatê-lo. Aproveite e reflita se precisa mudar alguma postura sua em relação a determinadas atividades exercida em seu trabalho!

http://www.mptemquadrinhos.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT em quadrinhos: Trabalho Infantil

Abordagem lúdica e criativa sobre o Trabalho Infantil. Vale a pena conferir e baixar a publicação do MPT em Quadrinhos.

http://www.quadrinhos.mpt.mp.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT em quadrinhos: Trabalho Escravo Contemporâneo

Leia também no site WWW.QUADRINHOS.MPT.MP.BR em flip ou baixe o arquivo PDF.

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

MPT em Quadrinhos

O Ministério Público do Trabalho do Espírito Santo lançou o projeto MPT em Quadrinhos, que aborda, de forma lúdica e criativa, temas como assédio sexual, trabalho infantil, direitos trabalhistas, lei do estágio e trabalho doméstico. Vale conferir os quadrinhos e indicar para os alunos: http://www.mptemquadrinhos.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura