Arquivo da tag: jornalismo

TRT-RN premia jornalistas e estudantes com o 2º Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro

https://i1.wp.com/www.trt21.jus.br/Asp/Noticia/MostraImagem.ASP

Na última sexta-feira (27), durante o 3º Seminário de Regional sobre Saúde e Segurança do Trabalho promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), houve a divulgação e certificação dos jornalistas que participaram do 2ª Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro-RN.

Foram premiados profissionais que atuam no jornalismo impresso e na internet, além de um grupo de estudantes de Mossoró.

Jalmir Oliveira, jornalista do Novo Jornal, foi premiado com a matéria “A construção da Morte” que foi publicada no dia 15 de outubro deste ano e trata do elevado número de óbitos de operários e de trabalhadores da construção civil.

Na categoria internet, o premiado foi o jornalista Esdras Marchezan com a matéria ”Bravos: a vida dos cortadores de palha de carnaúba” que trata do dia a dia dos trabalhadores que atuam na extração de palha e na produção de pó e cera de carnaúba no Rio Grande do Norte.

A matéria revelou que muitos deles não têm garantias trabalhistas e passam até 15 dias dentro dos carnaubais em condições insalubres.

Ainda da matéria ”Bravos: a vida dos cortadores de palha de carnaúba” saiu o vencedor na categoria Fotografia, Jean Souza Lopes. Acompanhando o colega Esdras Marchezan, Jean Lopes registrou os trabalhadores nos carnaubais em momentos marcantes do dia a dia da atividade.

Na categoria Estudante, ganharam o prêmio os alunos de Jornalismo da UERN, Alexandre Fonseca, Jessica Mafra e Isaiana Santos. Sob a orientação do professor e jornalista Esdras Marchezan, os estudantes produziram um Minidoc ”Barro: a vida moldada pelas mãos do homem” que mostra a produção de cerâmica no Vale do Açú moldada por histórias de desvalorização e falta de condições de trabalho.

O 2º Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro-RN é uma iniciativa do Grupo Gestor do Programa Trabalho Seguro no Rio Grande do Norte que é composto pelos juízes do trabalho Simone Jalil e Alexandre Érico, com objetivo de incentivar a divulgação de notícias sobre saúde e segurança do trabalho, bem como para a conscientização de trabalhadores e empresas.

Fonte: Ascom – TRT/21ª Região

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

TRT-RN: Inscrições para o 2º Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro-RN seguem até o dia 22

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) segue com as inscrições abertas para 2º Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro-RN que vai premiar reportagens ou séries de reportagens que trataram do tema saúde e segurança no ambiente de trabalho nas áreas de TV, impresso (jornal e revista), rádio e internet, fotografia e estudante no período de 15 de outubro de 2014 a 15 de outubro de 2015.

As inscrições serão realizadas até o dia 22 de outubro mediante preenchimento de ficha de inscrição disponível no site do TRT-RN (www.trt21.jus.br), a qual deverá ser anexado o arquivo digital do trabalho concorrente, em formato compatível, devendo estar visíveis no material enviado o nome do veículo, a data na qual foi publicado e o crédito ao seu(s) autor(es).

Os trabalhos vencedores receberão, a título de prêmio, valores brutos de 4 mil reais nas categorias Televisão e Impresso, 3 mil reais na categoria Rádio e Internet, 2 mil na categoria Fotografia e 1 mil reais na categoria Estudante.

De acordo com o regulamento, cada jornalista poderá inscrever 2 (dois) trabalhos, no máximo, que concorrerão automaticamente a todos os prêmios previstos e, para cada trabalho deverá ser preenchida uma ficha de inscrição. Os trabalhos fotográficos deverão ter os arquivos digitais igualmente anexados à ficha de inscrição, além de cópia digital da página onde a foto houver sido publicada.

Ainda segundo o regulamento, serão colocados em julgamento apenas os trabalhos escritos em Língua Portuguesa e publicados em revista ou jornal brasileiros, com sede no país.

Não poderá existir diferença entre o material publicado e aquele remetido para inscrição. Só serão considerados os trabalhos fotográficos que contenham elementos de informação jornalística. Não serão colocados em julgamento ensaios fotográficos, trabalhos de importância meramente técnica ou artística, ou ainda fotos que não tenham sido objeto de publicação ou não guardem relação com o objeto do PROGRAMA TRABALHO SEGURO (http://www.tst.jus.br/web/trabalhoseguro/inicio).

Os vencedores serão divulgados pela Seção de Comunicação Social do TRT-RN e a premiação ocorrerá na segunda quinzena de novembro, em data a ser definida pela organização do concurso.

Para mais informações sobre o regulamento, acesse:

http://www.trt21.jus.br/SCS/Publicidade/Premio/2015/Regulamento_2015.pdf

A ficha de inscrição pode ser encontrada no endereço:

http://www.trt21.jus.br/SCS/Publicidade/Premio/2015/Ficha-de-Inscricao.pdf

Fonte: Ascom – TRT/21ª Região

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Prêmio MPT de Jornalismo: “Silenciados – A violência contra o jornalista no Brasil”

Capa jornalista apanhando

Os estudantes de jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi: Priscila dos Santos Pacheco, Bianca Amorim Marques Bento, Laura Rodrigues Dourado, Marcela Valente Haun, Marcos Mortari Araujo Correa, Patricia Allerberger, Renata Lima Simond e Janahina Rodrigues Sobral foram os vencedores nacionais do Prêmio MPT de Jornalismo na categoria Universitário. Com o especial multimídia “Silenciados – A violência contra o jornalista no Brasil” eles buscaram compreender as causas dos altos índices de violência contra jornalistas no Brasil. “Falar desse tema é importante porque parece que ele só discutido quando acontece uma tragédia, como no caso do cinegrafista Santiago Andrade”, disse na cerimônia de premiação a estudante Renata Lima. “O mais especial é o quanto essa matéria teve repercussão para gente. Vários veículos de imprensa a replicaram, fomos convidados a participar de congressos de jornalismo e agora estamos aqui conquistando esse prêmio”, acrescentou Marcos Mortari. Reveja o trabalho vencedor: www.silenciados.com.br.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Conheça os vencedores do prêmio MPT de Jornalismo

Os grandes vencedores do Prêmio MPT de Jornalismo foram conhecidos na sexta-feira, 14 de agosto. Os trabalhos premiados apresentaram diversos assuntos relacionados ao direito trabalhista no Brasil. O principal prêmio da noite foi o da dupla de jornalistas do Zero Hora, Carlos Rollsing e Humberto Trezzi, que, além de vencerem a fase regional e nacional da categoria Webjornalismo, com a reportagem multimídia “Os novos imigrantes”, também faturaram o Prêmio Especial MPT de Jornalismo.

As jornalistas Mikaella Campos Caldas, Beatriz Lima Seixas e Viviane Carneiro foram as vencedoras do Prêmio Especial Fraudes Trabalhistas. Na reportagem, “Terceirização: trabalho desumano e abandono”, publicada no jornal A Gazeta, elas investigaram durante meses os dramas relacionados à terceirização e às irregularidades trabalhistas no Espírito Santo.

Para o procurador-geral do Trabalho, Luís Antônio Camargo de Melo, a segunda edição do Prêmio MPT de Jornalismo foi a consolidação da parceria entre o MPT e a imprensa. “É muito gratificante sermos capazes de oferecer esse espaço para que os bons trabalhos do jornalismo ajudem a divulgar nossas atividades e informar os brasileiros sobre o eterno combate às injustiças trabalhistas”, disse na cerimônia de premiação.

Confira os vencedores da segunda edição do Prêmio MPT de Jornalismo por categoria e região.  Fonte: PGT

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: Produtores de tabaco enfrentam doenças físicas e psíquicas no RS

 
Produtores de tabaco enfrentam doenças físicas e psíquicas no RS

Contato com folha do fumo faz nível de nicotina no sangue deles ser até 700% maior que o de fumantes
oglobo.globo.com

 

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “O trabalhador na berlinda: os dilemas da terceirização em Pernambuco”

“A série “O trabalhador na berlinda: os dilemas da terceirização em Pernambuco” traz um panorama das terceirizações no estado. Na primeira reportagem, o jornalista Carlos Moraes mostra o cenário geral, com foco nas empresas de teleatendimento. Na segunda, a situação de quem trabalha nas empresas de asseio e conservação e a polêmica em torno do projeto de lei que regulamenta a terceirização no País. As reportagens veiculadas na Rádio Jornal são finalistas do Prêmio MPT de Jornalismo. Confira: http://mais.uol.com.br/view/15457470 ‪#‎FinalistasMPT‬

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “Os Horizontes nos Lixões”

 
Especial Lixão – Os Horizontes nos Lixões
São sete horas da manhã. Começa a cessar a neblina que às vezes paira sobre as rodovias e estradas de terra – no início dos dias – na área rural de Castanhal, município do nordeste paraense, distante 68 quilômetros da capital Belém. “A realidade de quem teve a esperança de uma vida melhor retirada ou renovada com o lixão de Castanhal, na região metropolitana de Belém, é mostrada no especial multimídia do Diário Online “Os horizontes do lixão”. O jornalista Hélio Granado se aproxima dos catadores e revela quão tênue é a linha que separa o convívio diário de crianças e adolescentes no local com a realidade do trabalho infantil. Entre as pessoas que aguardavam a primeira “carrada” de lixo, a reportagem flagrou crianças entre 12 e 15 anos ajudando os pais e procurando itens para consumo próprio, como brinquedos e vestimentas. O trabalho é finalista do Prêmio MPT de Jornalismo, assim como as imagens captadas pelo fotojornalista Cezar Magalhães. www.diarioonline.com.br/especial/lixao
diarioonline.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “SST jogadas no lixo”

A estudante Roberta Meyre narra em “SST jogadas no lixo”, os riscos e dificuldades encontradas pelos coletores de lixo em Maceió. Popularmente conhecidos como garis, esses profissionais enfrentam preconceito, excesso de trabalho, falta de fiscalização, doenças e problemas de saúde adquiridos no ofício, muitas vezes em razão da falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). A reportagem foi publicada no site da revista Caleidoscópio, veículo da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Confira essa reportagem finalista do Prêmio MPT de Jornalismo: http://revistacaleidoscopio.com.br/sst-jogadas-no-lixo/ ‪#‎FinalistasMPT‬

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “Assédio Imoral: Uma jornada de humilhação!”

 
O jornal Pajuçara Noite exibiu a série de reportagens “Assédio Imoral: Uma jornada de humilhação”, que mostra um mal silencioso que afeta milhares de trabalhadores no país: o assédio moral. Números levantados pelo Ministério Público do Trabalho e pela Justiça Federal revelam que os casos se multiplicaram nos últimos cinco anos em Alagoas. O jornalista Thiago Correia mostra casos de pessoas que enfrentaram esse crime, entrevista especialistas e apresenta aspectos do assédio que muitas vezes passam despercebidos pelas vítimas. Assista essa reportagem finalista do Prêmio MPT de Jornalismo: https://www.youtube.com/watch?v=zFvW_jnSpXs. ‪#‎FinalistasMPT‬

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “A libertação do escravo contemporâneo no Amazonas”

O trabalho escravo ainda é uma realidade cruel na imensidão territorial do Amazonas. Emerson Quaresma, do jornal Em Tempo, acompanhou órgãos de defesa do trabalhador em operações nos polos de cerâmica do estado e outras regiões de difícil acesso para a fiscalização. A reportagem “A libertação do escravo contemporâneo no Amazonas”, finalista do Prêmio MPT na categoria Jornal Impresso, encontrou pessoas de pés descalços, sem nenhum item obrigatório de segurança enfrentando altas temperaturas; e casos em que os trabalhadores da colheita de piaçava já começam a atividade endividados com os patrões. #FinalistasMPT

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “Entre o feminino e o masculino: transexuais e o mercado de trabalho”

Apesar de abominar o nome civil, ele é o que ainda identifica Dinorah no crachá da empresa. (Foto: Deivid Correia)Nascidas em corpo de homem, as transexuais enfrentam dois desafios na vida: lutam para se transformar fisicamente e pelo direito de usarem o nome social para estudar, trabalhar e tê-lo na carteira de identidade. Na reportagem “Entre o feminino e o masculino: transexuais e o mercado de trabalho”, finalista do Prêmio MPT de Jornalismo na categoria webjornalismo, a repórter Tainá Jara mostra a luta dessas trabalhadoras para serem atendidas pelo nome que desejam em empresas privadas e outras dificuldades que elas enfrentam para se manter nos empregos formais. Confira no site da Topmídia News: http://www.topmidianews.com.br/…/entre-o-feminino-e-o-mascu…. ‪#‎FinalistasMPT‬

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “Assembleia tomada e confronto levam à retirada de ‘Pacotaço’”

Na reportagem “Assembleia tomada e confronto levam à retirada de ‘Pacotaço’”, o fotojornalista Brunno Covello registrou o fatídico dia em que a Polícia Militar do Paraná utilizou da violência para reprimir uma manifestação de servidores contrários a um pacote de medidas trabalhistas a ser votado pelos deputados estaduais. O campo de batalha foi o Palácio Iguaçu, sede da Assembleia Legislativa do estado. O trabalho publicado no jornal Gazeta do Povo é finalista do Prêmio MPT de Jornalismo. #FinalistasMPT

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Prêmio MPT de Jornalismo: “Abusos do telemarketing”

Em “Abusos de Telemarketing”, o jornalista Francisco Regueira mostra a rotina de pressões desumanas por resultados, traumas psicológicos e assédios sofridos por esses profissionais no Brasil. A profissão que emprega mais de um milhão e meio de trabalhadores é também uma das que mais gera ônus sociais, com profissionais jovens que são aposentados por invalidez depois de se submeterem a um cotidiano desgastante e cruel. Durante um mês o repórter do Fantástico entrevistou operadores de telemarketing de Salvador, São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro para traçar um perfil revelador da profissão. Assista esse trabalho finalista do Prêmio MPT de Jornalismo: http://g1.globo.com/…/funcionarios-do-setor-de-telemarketin…. ‪#‎FinalistasMPT‬

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo: “Quebrando barreiras”

Em “Quebrando Barreiras”, reportagem finalista do Prêmio MPT de Jornalismo na categoria revista impressa, Arlinda Monteiro e Caroline Oliveira mostram a luta secular das quebradeiras de coco babaçu do Piauí que sustentam gerações com a renda de uma das profissões mais tradicionais do estado e que ainda não é reconhecida. A reportagem da Revista Cidade Verde vai até a cidade de Esperantina mostrar que pouco mudou com o passar das décadas nessa atividade, mas atualmente as mulheres estão mais cientes de seus direitos. Leia aqui o texto: http://issuu.com/equipecidadeverde/docs/rcv_108_site.
Revista Cidade Verde 108

1 comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

TRT-RN abre inscrições para o 2º Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro-RN

A premiação acontecerá no mês de novembro

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) publicou no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT), no dia 22 de julho, o Edital que regulamenta o 2º Prêmio de Jornalismo Trabalho Seguro-RN.

O concurso vai premiar reportagens ou séries de reportagens que trataram do tema saúde e segurança no ambiente de trabalho nas áreas de TV, impresso (jornal e revista), rádio e internet, fotografia e estudante no período de 15 de outubro de 2014 a 15 de outubro de 2015.

As inscrições serão realizadas até o dia 22 de outubro mediante preenchimento de ficha de inscrição disponível no site do TRT-RN (www.trt21.jus.br), a qual deverá ser anexado o arquivo digital do trabalho concorrente, em formato compatível, devendo estar visíveis no material enviado o nome do veículo, a data na qual foi publicado e o crédito ao seu(s) autor(es).

Os trabalhos vencedores receberão, a título de prêmio, valores brutos de 4 mil reais nas categorias Televisão e Impresso, 3 mil reais na categoria Rádio e Internet, 2 mil na categoria Fotografia e 1 mil reais na categoria Estudante.

De acordo com o regulamento, cada jornalista poderá inscrever 2 (dois) trabalhos, no máximo, que concorrerão automaticamente a todos os prêmios previstos e, para cada trabalho deverá ser preenchida uma ficha de inscrição. Os trabalhos fotográficos deverão ter os arquivos digitais igualmente anexados à ficha de inscrição, além de cópia digital da página onde a foto houver sido publicada.

Ainda segundo o regulamento, serão colocados em julgamento apenas os trabalhos escritos em Língua Portuguesa e publicados em revista ou jornal brasileiros, com sede no país.

Não poderá existir diferença entre o material publicado e aquele remetido para inscrição. Só serão considerados os trabalhos fotográficos que contenham elementos de informação jornalística. Não serão colocados em julgamento ensaios fotográficos, trabalhos de importância meramente técnica ou artística, ou ainda fotos que não tenham sido objeto de publicação ou não guardem relação com o objeto do PROGRAMA TRABALHO SEGURO (http://www.tst.jus.br/web/trabalhoseguro/inicio).

Os vencedores serão divulgados pela Seção de Comunicação Social do TRT-RN e a premiação ocorrerá na segunda quinzena de novembro, em data a ser definida pela organização do concurso.

Para mais informações sobre o regulamento, acesse:

http://www.trt21.jus.br/SCS/Publicidade/Premio/2015/Regulamento_2015.pdf

A ficha de inscrição pode ser encontrada no endereço:

http://www.trt21.jus.br/SCS/Publicidade/Premio/2015/Ficha-de-Inscricao.pdf

Fonte: Ascom – TRT/21ª Região

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas