VIAJAR E VIVER (ou entre a ordem e a desordem)

 Para Wolia Maria

 Não necessariamente nessa ordem.

 Obrigatoriamente nessa ordem.

 O que importa a ordem?

 Melhor será na ordem da ave que pousa sobre a areia da praia!

 Largar a sandália e transformar-se em pássaro, nessa odem.

 Viajar, sem ordem, no destino do sol.

 Viver ordenadamente no desatino do mar.

 Amar, com ordem ou sem ordem, sempre amar!

 Odiar o ódio, isso é uma ordem!

 Beijar até o ceu da boca e de tamanha

 desordem entre as estrelas

 enlouquecer a ordem de tanto amor!

Por Romilson Sampaio Almeida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s