Para marcar o Dia Internacional da Mulher, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) convidam todas(os) a buscar inspiração nas grandes mulheres que nos antecederam e abriram espaço para as conquistas atuais na luta pela igualdade de oportunidades e direitos. Há 15 anos, a Coordenadoria Nacional de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade) do MPT atua para promover a igualdade de oportunidades para todas as pessoas.

#PraCegoVer

Imagem com fundo preto e foto no canto de Edith Gama, a mulher mais representativa da Bahia entre os anos 1930 e 1940. Sua obra “Problemas do Coração”, publicada em 1930, colocou-a em seu lugar de escritora ensaísta e profundamente tocada pelas questões femininas.

Na imagem, o texto: “o que não somos, nós outras, é essa multidão vibrátil, mais ingênua, pronta a extasiar-se com os efeitos de luz das metáforas eloquentes sobre os quadros de filha, esposa e mãe numa resignação com as belezas que se mostram e as fealdades que se escondem…o que não aprovamos…é tudo isso que decorre da desproporção de direitos e dos desencontros dos deveres.”

Trecho do discurso de Edith Gama proferido na inauguração da 2 Convenção Nacional Feminista, com homenagem a Bertha Lutz – 1934.

Fonte: MPT

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s