“Não dá para fazer reforma da previdência sem mercado de trabalho”, diz economista do IPEA

por Thaís Herédia

O envelhecimento da população é a principal e mais irrefutável justificativa para reformar a previdência no Brasil. É matemática pura ponderar a quantidade de trabalhadores em idade ativa que serão necessários para sustentar cada aposentado, numa sociedade em que os idosos serão mais numerosos do que as crianças daqui 13 anos!

 

Este argumento parece ter convencido o parlamento já que os nobres deputados decidiram pela idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres (uma nota sobre esta decisão, ela apenas reforça a desigualdade entre nós e eles no mercado de trabalho e na convivência social). Além disso, o tempo mínimo de contribuição também vai aumentar para permitir que o sistema seja alimentado por mais tempo e corresponda melhor ao benefício que será recebido pelo cidadão.

 

Tudo bem, já entendemos. Mas como será trabalhar no Brasil até os 65 anos? Ou até os 62? Será que o mercado de trabalho está preparado para absorver esta mão de obra madura, experiente, mais cara e mais vulnerável? E quanto às mulheres? Para aquelas que se aposentam por idade, a transição para o novo sistema será mais rígida porque exigirá mais tempo de contribuição.

 

Estas são as indagações da economista Ana Amélia Camarano, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o Ipea, em dois estudos que serão publicados na próxima semana e que foram antecipados para o Blog. A questão central é sobre as condições de empregabilidade do trabalhador mais velho. Acredito que muita gente tem se feito a mesma pergunta porque já sabemos que o mercado brasileiro não é amigável para os 50+, o que dirá para os 60+, 65+.

Continua. Fonte: G1.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s