Arquivo do dia: 23/09/2016

TRT multa bar por exigir funcionárias ‘desinibidas’ e atendentes ‘cheirosos’

Cont Ainer Bar, que sedia o evento Buraco do Jazz, na área central de Brasília

O Tribunal Regional do Trabalho multou um bar de Brasília em R$ 5 mil por publicar anúncios de emprego com termos sexistas e racistas, como exigir candidatas desinibidas, comunicativas, sensuais, de sobrancelhas expressivas e maquiagem forte – oferecendo salários maiores quando inteligentes – e candidatos atenciosos, fortes, cheirosos, ricos, “de pau gigante” e “se fosse inteligente, o chefe cortaria os pulsos, porque tanta qualidade boa em um homem seria injusto com a humanidade”.

As ofertas aconteciam em redes sociais, na página do Cont Ainer Bar, e foram apagadas.

Os anúncios eram referentes a trabalhos no Buraco do Jazz, evento que acontece às quintas-feiras na 214 Sul. Por telefone, o dono do bar, Gustavo Frade, confirmou o teor “sexualizado” nos anúncios e disse que vai acatar a decisão – que também inclui a proibição de novas ofertas de emprego do tipo. Essa foi a terceira vez que houve publicações com teor semelhante. Continua. Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Servidão por dívida ainda é forma comum de escravidão moderna, alerta especialista da ONU

Servidão por dívida ainda é forma comum de escravidão moderna, alerta especialista da ONUPobreza está na raiz dos abusos econômicos. Foto: Darrell Miller/Flickr/CC.

A servidão por dívida continua sendo uma das formas mais comuns de escravidão moderna em todas as regiões do mundo, apesar de ser proibida pelo direito internacional e pela maioria das jurisdições nacionais, advertiu na semana passada (15/09) a relatora especial das Nações Unidas sobre formas contemporâneas de escravidão, Urmila Bhoola.

“Mesmo ocorrendo em todo o mundo, em diversos setores da economia, e sendo uma forma de escravidão, com raízes históricas profundas, a servidão por dívida não é universalmente compreendida”, disse Bhoola, durante a apresentação de seu último relatório ao Conselho de Direitos Humanos da ONU.

Atualmente, não há uma estimativa confiável a respeito do número de pessoas escravizadas nessa condição em todo o mundo.

No entanto, a especialista apontou para uma estimativa de 21 milhões de pessoas sofrendo com o trabalho forçado, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

“Essa conjuntura fornece uma indicação da extensão do trabalho forçado, dada a estreita relação entre os dois fenômenos que afetam as vítimas de várias formas de discriminação.” Continua. Fonte: Democracia e Mundo do Trabalho

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

TST atualiza mais verbetes jurisprudenciais em decorrência do novo CPC

O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho aprovou, na sua última sessão, na segunda-feira (19), novas alterações em súmulas e orientações jurisprudenciais em decorrência do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105/2015), que entrou em vigor em março deste ano. Houve ainda um cancelamento de orientação jurisprudencial. Confira. Fonte: TST.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Empresa condenada em R$ 5 milhões por vigiar funcionários com câmeras

Justiça atendeu pedido do MPT, que investigou que equipamento faz vigilância direta dos funcionários

Porto Alegre –   O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) obteve a condenação da Contax Mobitel, maior empresa de telemarketing do país em faturamento. A empresa deve pagar indenização por danos morais coletivos de R$ 5 milhões e retirar câmeras de vídeo do interior de suas dependências, “onde haja execução de atividades por empregados e onde não exista a possibilidade de acesso exterior por terceiros invasores”. A decisão se estende a todo o país.

A condenação é resultado de ação civil pública do Ministério Público do Trabalho (MPT), que  no seu entendimento considera que  quando a empresa instala câmeras em suas dependências internas com a finalidade de proteger seu patrimônio, embora possa alegar que não pretenda vigiar seus funcionários, é inevitável que o faça na prática. Continua. Fonte: Portal do MPT

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Humor Bibliotecário

Fonte: Livros e Opiniões

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia