Arquivo do dia: 18/08/2016

Depressão: O mal do século (Prêmio MPT de Jornalismo)

A série O Mal do Século mostra o perigoso avanço da depressão nos mais diversos ambientes de trabalho. Os números superam as expectativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), que previa que a doença consumiria, até 2030, 10% dos anos de vida saudáveis dos indivíduos. Esse índice foi alcançado já em 2010. Os jornalistas Thiago Correia, José Pereira de Lima, Romildo Soares e Maria Carnaúba mostram os efeitos da depressão com fortes depoimentos de quem precisou se afastar do trabalho, teve o ambiente familiar comprometido e, inclusive, chegou ao limite de quase perder a vida. As reportagens finalistas do Prêmio MPT de Jornalismo na categoria telejornalismo foram exibidas na TV Pajuçara. https://www.youtube.com/watch?v=DIUHAgx7pcs ‪#‎finalistasMPT‬

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas, Fotos, audios e vídeos

‘Filhos do fogo’ trabalham em condições arcaicas nas caieiras do RN (Prêmio MPT de Jornalismo)

Caieira do RN – Fotos: José Bezerra

Longe da modernidade da indústria, a reportagem Filhos do fogo mostra a dura realidade dos trabalhadores da cal no interior do Rio Grande do Norte. Homens e meninos que trabalham há gerações nesse serviço sem qualquer segurança ou direitos trabalhistas. Esquecidos pela fiscalização e pelo poder público, eles, ainda por cima, amargam atualmente a pior crise do setor em 50 anos. Os jornalistas José de Paiva Rebouças, Esdras Marchezan, José Bezerra, Felipe Freitas, João Magagnin e Ronildo Medeiros assinam a reportagem veiculada no Novo Jornal e finalista do Prêmio MPT de Jornalismo na categoria webjornalismo. http://novojornal.jor.br/…/filhos-do-fogo-trabalham-em-cond… ‪#‎finalistasMPT‬

 

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Prêmio MPT de Jornalismo 2016 divulga finalistas

Brasília – Mais de trinta trabalhos jornalísticos, de todas as regiões do país, são finalistas do Prêmio MPT de Jornalismo 2016. A premiação ocorrerá em 1º de setembro, em cerimônia em Brasília, quando serão conhecidos os vencedores regionais e nacionais por categoria. Ao todo o prêmio distribui quase R$ 400 mil em oito categorias e dois prêmios especiais. Aproximadamente 400 trabalhos jornalísticos se inscreveram nesta terceira edição.

Os trabalhos selecionados foram avaliados em cinco etapas regionais e uma nacional e concorreram nas categorias jornal impresso, revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo, universitário e repórter cinematográfico. Na etapa nacional ainda foram escolhidos os ganhadores dos prêmios especiais Fraudes Trabalhistas e MPT de Jornalismo.

As reportagens abrangeram os temas fraudes nas relações de trabalho; trabalho escravo contemporâneo; trabalho infantil; discriminação de gênero, cor e pessoas com deficiência; meio ambiente do trabalho; promoção da liberdade sindical; trabalho portuário e aquaviário; e irregularidades trabalhistas na administração pública.

Os trabalhos inscritos foram publicados em veículos de todo o país, entre 2 de maio de 2015 e 13 de maio de 2016.
Conheça os finalistas. Fonte: Portal do MPT.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais