Jogo ensina crianças e jovens sobre o combate ao trabalho infantil

Com objetivo de ensinar crianças e adolescentes sobre o combate ao trabalho infantil, o Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT), o Serviço Social da Indústria (Sesi) e Ministério Público do Trabalho (MPT) desenvolveram um game chamado “Futuro em Jogo”. No jogo, o personagem se desloca continuamente e o jogador precisa desviar de obstáculos e coletar itens para avançar.

O jogo leva a criança a refletir de uma forma lúdica sobre as consequências de suas escolhas. Desenvolvido para um público a partir dos 10 anos, ele possui quatro fases que retratam a infância e a adolescência do personagem.

A cada fase, novas dificuldades e elementos são inseridos. Ao longo da história o jogador precisa enfrentar o vilão, que oferece álcool e cigarros e ainda obriga o personagem a vender drogas para ele. “O game surgiu com a ideia de passar de forma divertida para as crianças informações sobre as boas e más escolhas para o futuro, evidenciando que o trabalho precoce não é uma boa escolha” explica a gestora socioambiental do TRT/MT, Kátia Bruno.

Ela relata que quando o jogador faz boas escolhas, como coletar instrumentos musicais, livros ou brincadeiras, ele fica mais rápido e o ambiente a sua volta permanece cheio de cor.  “Se o jogador fizer escolhas ruins, como trabalho infantil, bebidas ou cigarros, o jogo fica mais lento e sem cor até chegar um momento em que perde o jogo e recebe a mensagem: Escolhas ruins fecham os caminhos”, diz Kátia.

Para a gestora mais do que entreter, o game educa e promove a reflexão nas crianças e nos adolescentes sobre o peso que suas escolhas têm na determinação de seu futuro.

Com base no potencial educativo dos jogos digitais, a ferramenta será usada para divertir e promover a reflexão sobre o tema, a intenção é que, por meio de parcerias institucionais com órgãos públicos, privados e a sociedade civil organizada, o jogo chegue ao maior número de crianças e adolescentes.

O game está disponível para pc Windows, pc Linux, smartphone e tablet com sistemas Android ou IOS e pode ser baixado  no site do TRT-MT . Fonte: MT Agora

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s