Relatório nos EUA denuncia trabalho escravo no Brasil

Grãos de café são selecionados perto de Varginha, Minas Gerais

Lavoura de café: trabalho conjunto entre agência dos EUA e a Repórter Brasil identificou 15 fazendas que empregam mão-de-obra escrava no Brasil.

Washington – Um relatório conjunto publicado nesta quarta-feira pela Catholic Relief Sevices (CRS, sigla em inglês), a agência internacional humanitária da comunidade católica dos Estados Unidos, e a organização Repórter Brasil denunciou situações de trabalho forçado, que qualificou de “escravidão”, em 15 fazendas produtoras de café no Brasil.

A pesquisa se baseou em entrevistas com os trabalhadores rurais, produtores, sindicalistas, fiscais e inspetores trabalhistas de 15 fazendas de café que apareceram na “lista negra” por exploração de mão de obra escrava do Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil em 2013. Continua. Fonte: Exame

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s