Empresa é condenada a pagar indenização por cancelar plano de saúde de operário

 

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a companhia de Ferro Ligas da Bahia, Ferbasa, a pagar indenização de R$ 20 mil por dano moral a um operador de equipamentos. O empregado teve o plano de saúde cancelado no período em que o contrato de trabalho estava suspenso. A Turma entendeu que o cancelamento foi ilegal, o que gerou o dever de reparação independentemente de prova do dano.

Ouça: http://bit.ly/1Ji8JI1

soundcloud.com|Por tst_oficial
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s