Deputados discutem aumento do trabalho infantil

Depois de 10 anos em queda, em 2014, o trabalho infantil aumentou 4,5%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

São cerca de 143 mil crianças e jovens que se juntam aos mais de três milhões de jovens que não poderiam estar no mercado de trabalho, mas estão.

Em 2014 também foi registrada a maior alta de desemprego no país em cinco anos.

Hoje, jovens só podem trabalhar a partir dos 16 anos. Dos 14 aos 16 podem trabalhar como aprendizes.

Entre as atividades em que foi registrado o aumento do trabalho de crianças entre cinco e 16 anos estão o trabalho doméstico e o comércio ambulante, algumas das piores formas de trabalho infantil, que o Brasil se comprometeu a erradicar até o fim deste ano. O trabalho rural e a carvoaria também se incluem nessas atividades.

O Brasil em Debate discute esse fenômeno com o deputado Bacelar (PTN-BA) e a deputada Geovania de Sá (PSDB-SC).

Assista ao programa.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s