Trabalhadores afetados por lama no Rio Doce terão ‘salário’ da Samarco

Termo aditivo vai ser anexado ao Termo de Compromisso Socioambiental.

Pescadores, lavadeiras e dependentes do Rio Guandu serão contemplados.

O G1 – Espírito Santo destaca que os trabalhadores afetados pela lama no Rio Doce receberão verbas da Samarco para assegurar a sobrevivência. A chefe da Promotoria de Meio Ambiente do Ministério Público do Espírito Santo, Isabela Cordeiro, disse, na terça-feira (17), que um termo aditivo será anexado ao termo de compromisso socioambiental (TCSA) com a garantia de que essas pessoas receberão os repasses. Nesta semana, a empresa já havia assinado com os Ministérios Públicos do Trabalho (MPT-ES), Estadual (MP-ES) e Federal (MPF-ES) um TCSA em que se compromete a adotar medidas emergenciais em relação à chegada da lama ao Espírito Santo através do Rio Doce. Leia direto da fonte.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s