Babel: Fundação para Cegos lança biblioteca digital

Até agora, quando uma pessoa com deficiência visual queria ler um livro do acervo da Fundação Dorina Nowill, ela ligava lá ou mandava um e-mail e depois recebia em casa, pelo correio, um CD com a obra. Ou ia buscar na sede da entidade.
A partir de quinta-feira, 27, tudo ficará mais fácil. Será inaugurada a Dorinateca, que permitirá um acesso mais ágil e independente a essas obras que estarão disponíveis em três formatos: audiolivro, digital acessível Daisy e para impressão em Braille.
O usuário poderá fazer o download de até três títulos por mês no site da biblioteca e não tem que “devolver” a obra. Ele terá a posse do arquivo, mas não poderá repassá-lo. Até o fim do ano, a biblioteca terá 4.400 títulos. O audiolivro mais procurado em 2015 na fundação foi Inferno, de Dan Brown.  Continua. Fonte: Bibliothings

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s