Cora Coralina, a primeira biblioteca feminista de São Paulo

Inaugurada do início de julho, sala temática, localizada na zona leste da capital, é marco importante para as mulheres da região e da cidade. Além de reunir acervo específico sobre gênero, espaço abrigará eventos como rodas de conversa, debates, apresentações e saraus

“A intenção é transformar o espaço em referência na área de gênero e diversidade sexual. A ideia é que não seja apenas para leituras eventuais, mas que se torne referência de pesquisa”, afirma Denise Dau, secretária Municipal de Políticas para as Mulheres. “Nossa pretensão é que não seja só uma biblioteca importante, referência da zona leste, mas que consigamos chegar em um nível que uma estudante da USP que for fazer uma tese abrangendo as políticas de gênero se anime e ache que aquele acervo pode ajudá-la na construção de seu trabalho.”

Leia a matéria completa na Revista Fórum

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s