Biblioteca Nacional mapeia coleção de pareceres de intelectuais renomados que censuravam “em nome da moral e dos bons costumes”

Fonte: BN no fb

Lançado em livro e publicado na Biblioteca Nacional Digital mapa para o acesso aos pareceres de nomes como Machado de Assis, José de Alencar, João Caetano e Martins Pena, censores do Conservatório Dramático Brasileiro no século XIX.

Uma das coleções que mais revelam a história da cultura brasileira nas décadas de 1840 a 1860 ganha agora visibilidade com a publicação de Os exames censórios do Conservatório Dramático Brasileiro: inventário analítico. O catálogo se debruça sobre os mais de sete mil documentos que compõem quase 2.500 processos administrativos de censura das peças candidatas à encenação na época. São dados sobre os julgamentos, a autorização ou a proibição das obras teatrais, muitas feitas pelos próprios intelectuais que disputavam o poder de decisão em nome da “moral e dos bons costumes”. A coleção foi doada à Biblioteca Nacional e catalogada em meados do século XX, e inventariada e organizada no início deste século.

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais, Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s