Arquivo do dia: 04/05/2015

FGV libera biblioteca digital com mais de 10 mil títulos

A Fundação Getúlio Vargas está investindo na modernização do seu Sistema de Bibliotecas, que integra os acervos físicos – nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília – e a nova Biblioteca Digital.

Ao longo de quase dois anos, um conjunto de obras e bases de dados foram reunidas para compor um amplo acervo digital, boa parte dele com acesso aberto e gratuito ao público. Para facilitar ainda mais a busca, entrou no ar a ferramenta Acervo Acadêmico, que permitirá ao usuário encontrar todas as referências sobre o assunto pesquisado, não só na biblioteca digital, mas também nas físicas.

A Biblioteca Digital FGV

Das mais de 320 bases de dados contidas na Biblioteca Digital FG, 121 são abertas ao público gratuitamente. Entre elas estão coleções de leis; dicionários; estatísticas e índices econômicos, financeiros e políticos; anuários; arquivos audiovisuais e vários outros tipos de material de pesquisa.

Também está disponível ao público o repositório digital da instituição, que representa a produção acadêmica da FGV. Este conteúdo é formado por 32 títulos de periódicos e revistas, composto por 1.550 fascículos, e outros documentos, entre teses, artigos, papers e outros materiais produzidos pelas unidades da FGV, nesse último totalizando mais de 10 mil itens. Vale ressaltar a importância histórica deste acervo, já que há edições que datam do ano de 1945. Continua. Fonte: Canal do Ensino.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Câmara disponibiliza acervo de obras raras na internet

Cerca de duzentos livros da biblioteca da Câmara dos Deputados estão em processo de digitalização. Ao todo, serão quatro mil
obras disponíveis de forma gratuita na internet. Veja na reportagem de Luciana Marques.Clique aqui para acessar a biblioteca digital.

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Bibliotecários enfrentam a informatização nas últimas duas décadas

Quem acha que a profissão de bibliotecário só pode ser exercida no meio dos livros e estantes, clique aqui e assista à reportagem do G1 Campinas e Região.

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Estresse e danos morais: excessiva cobrança de metas gera indenização

Fonte: fb TRT/15

O TRT1 condenou um banco a indenizar a família de um empregado que infartou por estresse decorrente de cobranças de metas e vendas. Acesse a #decisão: http://bit.ly/1JTQu6A

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Mulheres são mais vulneráveis a doenças causadas pelo ambiente de trabalho, diz estudo

No mês em que se celebra o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, um estudo realizado pelo Ministério da Previdência Social aponta que as mulheres são mais vulneráveis a doenças causadas pelo trabalho.

Entre 2004 e 2013, enquanto os vínculos empregatícios tiveram um crescimento de 79% entre as mulheres, a concessão de auxílio-doença acidentário cresceu 172% entre as trabalhadoras.

Entre os homens, o emprego assalariado cresceu 53%, durante o mesmo período, enquanto a concessão do auxílio-doença acidentário cresceu pouco mais de 60%. Os resultados do estudo foram apresentados nesta quinta-feira durante reunião do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS).

Para o diretor do Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional do Ministério da Previdência Social, Marco Pérez, um dos fatores que justificam o número crescente na concessão de benefícios acidentários é a Lei 11.430, de 2006, que aplica critérios objetivos para relacionar o adoecimento com o trabalho.

Pérez acrescenta outros dois motivos que explicam o aumento das concessões: “A população brasileira está envelhecendo e o trabalho, interagindo com o envelhecimento, acaba agravando a saúde do trabalhador. Além disso, observa-se uma inadequação dos locais de trabalho para as mulheres”.

Fonte: Correio do Brasil

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Dicas de leitura: TERCEIRIZAÇÃO no STF, elementos do debate constitucional

Encontra-se disponível na Biblioteca do MPT/RN.

TERCEIRIZAÇÃO no STF: elementos do debate constitucional. Bauru, SP: Canal 6, 2015. 347 p.

Os participantes do XX Congresso Nacional dos Procuradores do Trabalho (CNPT) receberam, juntamente com todo o material referente ao evento, o livro “Terceirização no STF: Elementos do debate constitucional”, organizado pelos advogados Mauro de Azevedo Menezes, José Eymard Loguércio e Wilson Ramos Filho. A obra reúne petições apresentadas na Suprema Corte sobre a terceirização, mais especificamente em relação ao Agravo em Recurso Extraordinário n. 713.211/DF, no qual houve reconhecimento de repercussão geral e onde se discute a possibilidade de terceirização de forma ilimitada, inclusive nas atividades finalísticas da empresa. A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) foi a primeira das entidades que compõem o Fórum de Combate à Terceirização a formalizar seu pedido de ingresso, na condição de amicus curiae, no mencionado processo, constando a petição da entidade logo no início da obra acima referida. Continua. Fonte: ANPT.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura

NJ PROFISSÕES – Motofretistas e motoboys: os riscos e direitos de uma categoria sobre duas rodas

A partir da segunda metade dos anos 90, o Brasil assistiu ao fenômeno do surgimento de profissionais que se utilizam da motocicleta para garantir seu sustento. São os motoboys, motofretistas e mototaxistas, que se dedicam ao transporte de pessoas, documentos e mercadorias de pequeno volume, driblando os congestionamentos cada vez maiores das grandes cidades. O serviço desses profissionais tem sido cada vez mais explorado, com demanda crescente no mercado de trabalho. Continua. Fonte: TRT/3.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Prêmio MPT Jornalismo: Inscrições prorrogadas até 06/05/15

Atenção, jornalistas! Foram prorrogadas até a próxima quarta-feira (dia 6 de maio) as inscrições para a edição de 2015 do Prêmio MPT de Jornalismo. Isso significa mais tempo para inscrever suas reportagens dedicadas à investigação e à denúncia de irregularidades trabalhistas! Acessem o nosso portal e participem! São R$ 400 mil em prêmios! http://premiomptdejornalismo.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Empregadora terá que indenizar costureira que tinha produção cronometrada

O juiz Alfredo Massi, da VT de Cataguases, concedeu indenização por danos morais à costureira de uma empresa de confecção de roupas que foi acometida por doença profissional. Ao examinar as provas, ele constatou que a empregada se expunha a esforços repetitivos dos membros superiores, principalmente das mãos, quando exercia as suas atividades e, por isso, acabou adoecendo, ficando temporariamente incapacitada para o trabalho. O magistrado observou que a empresa impunha metas exaustivas aos seus empregados, chegando ao cúmulo de cronometrar a produção deles, punindo com suspensões e ameaças de demissões aqueles que não conseguiam atingir as metas estipuladas. Segundo o juiz, a conduta da empresa desrespeita o direito básico do empregado a um ambiente de trabalho sadio, em ofensa à sua dignidade e aos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa (art. 1º, III e IV, CRFB). Continua. Fonte: TRT/3.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Entrevista Ives Gandra: “Precisamos o mais breve possível de um marco regulatório para a terceirização”

O ministro Ives Gandra Martins Filho, vice-presidente lamenta que o debate sobre terceirização de mão de obra, aquecido desde que passou a tramitar no congresso o Projeto de Lei 4.330, possa descambar para o ideológico. Para ele, essa é a grande oportunidade para se regulamentar a terceirização do trabalho, e não há mais tempo nem espaço para querer impedir a prática. , “A terceirização é um fenômeno econômico global e irreversível. Não é possível nós voltarmos a uma empresa totalmente vertical com todos os trabalhadores contratados diretamente pela empresa. Hoje, no mundo inteiro, a empresa vertical foi substituída pela cadeia produtiva horizontal”, disse ele em entrevista ao Anuário da Justiça do Trabalho  e à revista eletrônica Consultor jurídico. Continua. Fonte: Conjur.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Entreveista Barros Levenhagen: Assim que for aprovada a lei sobre tericeiração a Sumula 331 não vale mais

Em audiência pública no Senado, no dia 13 de abril, o presidente do TST, ministro Barros Levenhagen, afirmou que a regulamentação da terceirização chega em boa hora, já que hoje, o único parâmetro normativo sobre a matéria é a Súmula 331 do TST. O enunciado é que estabelece como legal a terceirização de trabalhadores de atividade meio, o que inclui trabalhadores da limpeza, de vigilância e de atividades especializadas. O ministro também entende que uma lei deve estabelecer limites à pratica. Ele defende que seja estabelecido um percentual máximo para o número de terceirizados em relação ao número de contratados e outro percentual mínimo entre os salários pagos aos terceirizados em relação aos contratados.

Em entrevista ao Anuário da Justiça do Trabalho e à revista eletrônica Consultor Jurídico, o presidente do TST falou sobre terceirização. Continua. Fonte: Conjur.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Debate: “Novos paradigmas da terceirização”, dia 11/05, às 19h, em Natal/RN

II semana Jurícac UFRNInformações: 9638-8524

 

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos

Você já votou CONTRA a terceirização sem limite no site do SENADO?

Você já votou CONTRA a terceirização sem limite no site do SENADO? Entre no site do Senado e Vote. depois do voto é preciso acessar o e.mail, abrir a mensagem encaminhada pelo Portal e-Cidadania (olhe se não foi remetido para a lixeira) e clicar no link de CONFIRMAÇÃO. Só assim o voto será COMPUTADO. Faça parte dessa CORRENTE pelo trabalho com dignidade!

http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaotexto?id=164641

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Natal/RN – Seminário: Novo Código de Processo Civil – 7 e 8 de maio/2015

Local: Auditório do Fórum da Justiça Federal em Natal

Data: 7 e 8 de maio de 2015

Informações: Escola Superior da Magistrtura Federal / fone: (84) 4005.7732 / http://www.jfrn.jus.br/esmafe / esmafe@jfrn.jus.br

Inscrições mediante doação de um brinquedo

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos

Humor Bibliotecário

Deixe um comentário

04/05/2015 · 9:00