Homenagem ao poeta Manoel de Barros

O ano acaba de ficar mais triste, menos poético, menos sutil, menos sensível ao seu redor, ao seu meio, a sua natureza. Manoel de Barros, o maior poeta vivo brasileiro até então, faleceu, aos 97 anos. Gênio, grandioso em sua humildade, o poeta do “pantanal”, como lhe chamavam. Sua obra é inesquecível, singela mas quase contraditoriamente, transgressora. E gigantesca, como a natureza que tanto admirava. Que tristeza, Manoel, que tristeza.

Volte ao pó, terra vermelha que tanto prezou, que tanto amou, que tanto cultivou. Tua carne se fez verbo, ao longo da vida; ao fim, o verbo se faz pó, mas permanecerá para todo o tempo – sendo espalhado pelo vento, pelos passarinhos, pra que todos possam sentí-lo, pra que todos possam ouví-lo. Honra ter te lido enquanto ainda era vivo, enquanto ainda pude alimentar a tosca vontade de, ah, quem sabe um dia, tomar um terere contigo, enquanto me explicava o tipo de solo da nossa terra. Que saudade do dia que nunca aconteceu, Manoel. Que saudade do dia que vou guardar, pra sempre, nas páginas dos teus livros.

Retrato do artista quando coisa

A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.
Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito.
Não aguento ser apenas
um sujeito que abre
portas, que puxa
válvulas, que olha o
relógio, que compra pão
às 6 da tarde, que vai
lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.
Perdoai. Mas eu
preciso ser Outros.
Eu penso
renovar o homem
usando borboletas.

Fonte: Diário informa de um suposto escritor.

Veja mais: Abujamra interpreta “Difícil fotografar o silêncio”, Manoe de Barros. Fonte: Literatortura.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s