MPT e PF investigam rotas de tráfico de travestis da Paraíba para o exterior

Duas rotas de envio de travestis da Paraíba para esquemas de tráfico de pessoas e trabalho escravo para o exterior estão sob a mira da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público do Trabalho (MPT). O procurador Eduardo Varanda explicou que as travestis se tornam alvo fácil dado à dificuldade de conseguirem se inserir no mercado de trabalho e a homofobia. Estes são alguns dos temas que gestores públicos, pesquisadores e sociedade civil devem debater a partir de terça-feira (11) durante o ‘1º Seminário Internacional da Diversidade Sexual – Cidadania e Direitos’, em João Pessoa.

Eduardo Varandas explicou que as duas investigações estão em curso há mais de um ano. Uma delas se refere ao envio de travestis para países da América Latina. Uma outra, realizada pelo MPT e PF, tem como base os indícios de envio de travestis para a Europa. Os detalhes, por enquanto, Varandas disse não poder adiantar para não atrapalhar as investigações. Continua. Fonte: G1.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s