Arquivo do dia: 22/10/2014

Garis de BH usam livros herdados dos filhos para estudar para o Enem

De blusa laranja, Milton Marinho exibe certificado de conclusão do Ensino Médio; de uniforme branco, Domingos Costa carrega livro de preparação para o Enem (Foto: Raquel Freitas/G1)

 Há quase 35 anos, os garis Milton Salvador Marinho, de 50 anos, e Domingos Lopes Costa, de 47, fazem parte da equipe da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) de Belo Horizonte. Por causa do trabalho, a que se dedicam desde a adolescência, eles chegaram a abandonar os estudos. Entretanto, depois de mais de três décadas de serviço, os amigos conseguiram voltar à sala de aula, concluíram o ensino médio há cerca de dois meses e, agora, preparam-se para um novo desafio: o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), dias 8 e 9 de novembro.
Os dois garis “herdaram” dos filhos os livros em que estudam para o exame. Na primeira página da apostila usada por Milton, uma assinatura com letras redondas não deixa dúvidas que um dia o material foi de sua filha mais velha, que está na universidade. Continua. Fonte: G1.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Limguistas revelam divergências sobre acordo ortográfico em debate no Senado

Debate realizado na Comissão de Educação (CE) expõe divergências quanto à implantação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em 1990 e que deverá estar implantado no Brasil em janeiro de 2016.

Evanildo Bechara, membro da Academia Brasileira de Letras, defende a adoção das regras previstas no acordo para a uniformização gramatical entre os países que têm a língua portuguesa como idioma oficial — Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.

Ele nega que o acordo tenha sido rejeitado por Portugal e diz ser compreensível que países que tenham, ao lado do português, línguas locais, como Angola e Moçambique, tenham mais dificuldade em implantar a unificação gramatical.

Já Ernani Pimentel, presidente do Centro de Estudos Linguísticos da Língua Portuguesa, defende a simplificação gramatical com a adoção de critério fonético, ou seja, a escrita das palavras se daria pela forma como se fala.

Para Pimentel, esse sistema tornaria mais simples o processo de alfabetização e atenderia à rapidez da comunicação pela internet, que submete as pessoas a inúmeras palavras novas a cada dia.

Ao discordar do argumento, Bechara afirma que o francês e o inglês são idiomas com gramáticas mais complexas e mesmo assim o ensino dessas línguas é eficiente, devido a boas escolas e professores competentes. Continua. Fonte: Ag. Senado.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Biblioteca da UFU empresta tablets e leitores digitais aos alunos da instituição

NOTA-2Com o objetivo de desafogar a rede bibliotecária e garantir o acesso à tecnologia, principalmente aos alunos de baixa renda, a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), por meio de seu Sistema de Bibliotecas (Sisbi), tem disponibilizado 150 leitores eletrônicos e 50 tablets aos seus universitários. A iniciativa começou a valer no dia 29 de setembro e, em uma semana, todos os equipamentos já haviam sido distribuídos. A política para utilização do serviço aos usuários cadastrados é a mesma para os livros e outros materiais das bibliotecas: a retirada e a devolução devem ser feitas presencialmente no setor de circulação de cada biblioteca e o prazo do empréstimo é de sete dias, que pode ser renovado por mais uma semana caso não haja reservas. No ato da devolução, será realizada uma checagem para evitar danos aos equipamentos. As multas por atrasos na devolução custarão R$ 1 a cada dia de atraso.   Fonte: CFB.

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia, E-books, Bibliotecas Digitais

Desaposentação: análise do voto do relator, ministro Luís Roberto Barroso

Na tarde de 9/10/14, o STF retomou o julgamento do RExt 661.256, que trata do tema da desaposentação, com relatoria do ministro Luís Roberto Barroso.

O tema é de extrema relevância para a comunidade jurídica brasileira. O julgamento foi suspenso diante da ausência de alguns ministros naquela sessão da Corte Suprema. Porém, já se pode tecer algumas considerações a respeito do brilhante voto proferido pelo relator.

O relator iniciou seu voto indicando que o sistema previdenciário constitucional estrutura-se a partir do princípio da solidariedade e do caráter contributivo. No entanto, apresentou o argumento de que não há comutatividade estrita entre o recolhimento de contribuições e o recebimento de benefícios, pois não se adotou no Brasil regime de capitalização, mas de repartição. Mas indicou os parâmetros a partir dos quais entende que o legislador pode tratar de matéria previdenciária: a) o respeito ao princípio da isonomia; e b) a impossibilidade de instituição de contribuição previdenciária sem a devida contrapartida em termos de benefício previdenciário. Continua. Fonte: Migalhas.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Trabalhador obrigado a ficar de cuecas durante revista será indenizado

A Editora Alterosa terá de pagar por obrigar um trabalhador a ficar de cuecas todos os dias no ambiente de trabalho, para verificar se ele portava cartões de créditos impressos pela empresa. A 7ª turma do TST aumentou de R$ 2 mil para R$ 20 mil o valor da indenização.

Na ação trabalhista, o autor disse que a empresa exigia a retirada da roupa quatro vezes ao dia. No início e fim do expediente, e na entrada e saída do intervalo intrajornada. As revistas aconteciam todos os dias perante os colegas com o objetivo de impedir furtos na Editora. Segundo ele, os trabalhadores precisavam passar por um corredor de vidro espelhado sob a análise de seguranças. Continua. Fonte: Migalhas.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

O contrato de trabalho do atleta profissional de futebol

por Paulo Henrique Chacon de Souza

O contrato de trabalho do atleta profissional de futebol é composto por particularidades que o diferenciam de um contrato ordinário regido pela CLT.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

MPT-PR recebe e autua denúncias de xenofobia contra haitianos em seus locais de trabalho

A Rádio CBN de Curitiba traz que o Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR) recebeu denúncias de imigrantes haitianos que estariam sendo vítimas de agressões físicas e psicológicas em seus locais de trabalho. O MPT-PR atuará em duas frentes: investigando os casos que chegarem até a instituição como denúncia e tomando medidas administrativas ou judiciais cabíveis, e também acompanhando ações trabalhistas já ajuizadas pelos trabalhadores individualmente. A intenção é garantir aos trabalhadores haitianos os mesmos direitos dos brasileiros. A próxima reunião do grupo ficou marcada para o dia 17 de novembro. A CBN Curitiba traz ainda entrevista com o procurador do Trabalho Alberto Emiliano de Oliveira Neto. Ouça a entrevista

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

“As condições de trabalho no setor sucroalcooleiro”, baixe o seu exemplar

Programa Escravo, nem pensar lança o fascículo “As condições de trabalho no setor sucroalcooleiro”. Material discute o pagamento por produtividade, exposição a altas temperaturas, trabalho escravo e mortes por esforço excessivo nos canaviais.

Baixe o seu exemplar e compartilhe: http://www.escravonempensar.org.br/2014/10/publicacao-aborda-as-mas-condicoes-de-trabalho-nos-canaviais/

 

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de leitura, E-books, Bibliotecas Digitais

Dez razões pelas quais a criança não deve ter a obrigação de trabalhar (10)

As dez razões pelas quais a criança não deve ter a obrigação de trabalhar são listadas na cartilha “Saiba Tudo Sobre o Trabalho Infantil”. O material, produzido em 2008 pelo Ministério do Trabalho e Emprego, teve a parceria do cartunista Ziraldo. A cartilha está disponível em: http://goo.gl/PjDSj

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

LTr Suplemento Trabalhista nºs 109 a 117/2014

Encontram-se disponíveis na Biblioteca do MPT/RN. Veja sumário.

LTr suplemento trabalhista - capa

 

Deixe um comentário

Arquivado em Sumário de Periódicos

“100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 55: justa causa

Deixe um comentário

22/10/2014 · 9:30

“100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 56: adicional de insalubridade

O adicional de insalubridade é devido para trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde. É calculado em 10% (grau mínimo), 20% (grau médio) e 40% (grau máximo) sobre o salário mínimo

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Humor Bibliotecário

Deixe um comentário

22/10/2014 · 9:00