Arquivo do dia: 16/10/2014

Fantástico: operadores de telemarketing têm que cumprir metas abusivas

Operadores são  humilhados quando não conseguem e desenvolvem doenças físicas e emocionais.

“Eu tinha pavor mesmo de ir trabalhar”, diz uma mulher.

“É uma pressão tão forte que você não consegue administrar”, conta outra.

“Lixo. Eu fui apelidada de lixo”, relata outra vítima.

Depois da reportagem, a Federação Nacional dos Trabalhadores do setor foi convidada pela Câmara de Deputados, em Brasília, para discutir o projeto de lei que regulamenta a profissão e estava parado desde 2007. “O primeiro resultado quando você respeita uma profissão é que essa profissão seja menos danosa, clinicamente falando”, afirma o presidente da Federação Nacional de Trabalhadores de Telecomunicações, Almir Munhoz.

Assista. Fonte: G1.

Deixe um comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos

Ministério Público poderá adotar cota para negros em 2015

Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) deve decidir até o início do ano que vem se os Ministérios Públicos de todo o país terão de adotar cotas para negros em seus concursos de admissão. Segundo conselheiros ouvidos pela Folha, há um ambiente favorável na entidade à aprovação da medida. A questão é discutida em pelo menos dois processos que correm no conselho, órgão de controle cujas decisões afetam os ministérios públicos dos Estados e da administração federal. Um dos casos é um requerimento, feito pela ONG Educafro, para a adoção da reserva de vagas no Ministério Público do Trabalho. Leia direto da fonte

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Países da América Latina assinam declaração para erradicar trabalho infantil Comente

Os ministros de Trabalho e representantes de 25 países da América Latina e do Caribe assinaram nesta terça-feira em Lima a declaração de constituição de uma iniciativa para que a região fique livre de trabalho infantil.

A “Iniciativa Regional América Latina e Caribe Livre de Trabalho Infantil” foi assinada durante a 18ª Reunião Regional da Organização Internacional de Trabalho (OIT) e procura prevenir e erradicar o trabalho infantil e seus piores formas por meio da cooperação intergovernamental na região.

“Queremos a retirada das crianças do trabalho infantil e a proteção dos direitos dos adolescentes que trabalham, como pilares de uma proposta regional que – à luz dos novos Objetivos do Milênio – busque avançar na luta contra este flagelo”, afirmou o ministro de Trabalho do Peru, Fredy Otárola. Continua. Fonte: UOL.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Game tenta estimular a prevenção e o combate ao trabalho infantil

Computador

Ministério Público do Trabalho lança game para ajudar no combate ao trabalho infantilMarcello Casal Jr/Agência Brasil

O Ministério Público do Trabalho (MPT) disponibilizou hoje (14) mais uma ferramenta de prevenção e combate ao trabalho infantil. As pessoas poderão baixar em seus computadores um game onde o jogador poderá guiar o personagem de uma criança superando obstáculos e desafios, para um caminho distante do trabalho em lixões e em casa nas áreas urbana e rural. Com uma mistura de diversão e preocupação social do trabalho infantil, o game “Infância Livre” funciona como instrumento de alerta para a questão do trabalho infantil.

De acordo com o idealizador do projeto, o procurador do trabalho em Campina Grande (PB) Marcos Antonio Ferreira Almeida, a intenção é aproveitar o potencial de difusão e entretenimento dos jogos eletrônicos para propagar informações importantes. “A perspectiva é de que se possa promover o entretenimento, mas, mais do que isso, levar aos jogadores informações importantes acerca da nocividade do trabalho infantil e de outras práticas ilícitas”, disse.

Continua. Fonte: Agência Brasil.

O idealizador do projeto espera que até o final do ano, sejam lançados outros jogos abordando outros temas como o trabalho escravo, da igualdade nas relações de trabalho e o combate à discriminação. O jogo e informações sobre o projeto podem ser encontradas no site www.mptgames.com.br.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

“100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 50: demissão por alcoolismo

Foto: #100coisas | 50ª coisa que todo trabalhador deve saber:
Apesar de ainda não existir legislação específica, a maioria das decisões da Justiça do Trabalho reconhece o alcoolismo como doença crônica, que não pode motivar demissão por justa causa. Por outro lado, a Justiça do Trabalho entende que a embriaguez em serviço é falta grave, ou seja, o empregado saudável – aquele que não é alcoólatra – que vai trabalhar bêbado pode, sim, ser demitido por justa causa.

Apesar de ainda não existir legislação específica, a maioria das decisões da Justiça do Trabalho reconhece o alcoolismo como doença crônica, que não pode motivar demissão por justa causa. Por outro lado, a Justiça do Trabalho entende que a embriaguez em serviço é falta grave, ou seja, o empregado saudável – aquele que não é alcoólatra – que vai trabalhar bêbado pode, sim, ser demitido por justa causa.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais