Após danos e mortes, construtora da Arena AM é multada em R$ 5 milhões

Arena Amazônia (Foto: Reprodução)
Arena Amazônia recebeu quatro partidas na Copa do Mundo (Foto: Reprodução)
A Arena Amazônia foi palco de quatro jogos na Copa do Mundo, mas o processo de construção do estádio foi marcado por constantes irregularidades, incluindo a morte de três operários. Tendo em vista a conduta irregular da empresa no canteiro de obras, o Ministério Público do Trabalho (MPT-AM) ajuizou uma ação contra a Construtora Andrade Gutierrez que irá pagar uma multa de R$ 5 milhões.
Relembre o caso

Eleita uma das sedes da Copa do Mundo, Manaus iniciou a construção da Arena Amazônia Vivaldo Lima, mas o projeto ficou marcado também por trágicos acidentes. Dois operários morreram nas obras em 2013 e outra morte foi registrada no início de 2014. Antes disso, o MPT já vinha exigindo a mudança de alguns padrões adotados no canteiro de obras do estádio.

Continua. Fonte: Globo Esporte AM.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s