Arquivo do dia: 24/09/2014

10 Grandes capistas de livros no Brasil

Se você como eu também é curioso toda vez que pega um livro, certamente busca saber quem fez a capa, quem traduziu… Estes profissionais nem sempre tem o mesmo destaque quanto o autor, mas também são indispensáveis para a publicação do livro. Hoje o Listas Literárias fez uma seleção com os 10 principais capistas do Brasil. Clique para ver. Fonte: Listas Literárias.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Universidade nos EUA inaugura biblioteca sem livros em papel

Prédio principal da Universidade Politécnica da Flórida, em foto sem data; a nova biblioteca foi inaugurada sem livros em papel (Foto: Reuters/Divulgação/Universidade Politécnica da Flórica)Prédio principal da Universidade Politécnica da Flórida, em foto sem data; a nova biblioteca foi inaugurada sem livros em papel (Foto: Reuters/Divulgação/Universidade Politécnica da Flórida)
Universidade Politécnica da Flórida, nos Estados Unidos, foi inaugurada na semana passada na cidade de Lakeland prometendo abordagens inovadoras no ensino e na pesquisa em ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Uma dessas inovações é a biblioteca, que foi aberta neste mês com um acervo de 135 mil livros, mas nenhum deles impressos no papel. Todos estão em formato digital. A primeira aula da história da universidade aconteceu nesta segunda-feira (25).

“É uma decisão corajosa avançar sem livros”, disse à agência de notícias Reuters Kathryn Miller, a diretoria de bibliotecas da nova instituição. A ideia por trás dessa decisão é refletir a priorização pela alta tecnologia que permeia toda a missão da “Florida Poly”, como a universidade é chamada nos Estados Unidos.

Os 135 mil e-books podem ser acessados pelos estudantes pelo tablet ou notebook pessoais. O local, assim como o resto do campus, é equipado com internet sem fio. Além dos títulos já disponíveis, a instituição tem um orçamento de US$ 60 mil (cerca de R$ 140 mil) para comprar livros digitais por meio de softwares, para que os alunos possam lê-los uma vez gratuitamente. Com o segundo clique, a universidade compra o e-book. “Em vez de o bibliotecário colocar livros que eu acharia relevantes na estante, os estudantes é que estão escolhendo”, disse Kathryn.

Nova função para bibliotecários
Já que não têm mais a função de carregar e guardar os livros físicos, os bibliotecários contratados pela universidade têm como principal tarefa orientar os leitores a aprender a gerenciar os materiais digitais.

Continua. Fonte: G1.

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Acidente de trajeto também é responsabilidade do empregador

Caso o acidente ocorra no percurso da residência para o local de trabalho ou deste para aquela, qualquer que seja o meio de locomoção, inclusive veículo de propriedade do empregado, este é considerado pela legislação vigente (Lei 8.213/91) como acidente de trabalho ou acidente de trajeto, isto porque, no período em que o empregado realiza o percurso, considera-se que o mesmo já se encontra à disposição de seu empregador. Fonte: CSJT.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Os “escravos da moda”: conheça a outra face do glamour (documentário TV Folha)

escravos da modaClique aqui para assistir ao documentário no Youtube.

Deixe um comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos

Após danos e mortes, construtora da Arena AM é multada em R$ 5 milhões

Arena Amazônia (Foto: Reprodução)
Arena Amazônia recebeu quatro partidas na Copa do Mundo (Foto: Reprodução)
A Arena Amazônia foi palco de quatro jogos na Copa do Mundo, mas o processo de construção do estádio foi marcado por constantes irregularidades, incluindo a morte de três operários. Tendo em vista a conduta irregular da empresa no canteiro de obras, o Ministério Público do Trabalho (MPT-AM) ajuizou uma ação contra a Construtora Andrade Gutierrez que irá pagar uma multa de R$ 5 milhões.
Relembre o caso

Eleita uma das sedes da Copa do Mundo, Manaus iniciou a construção da Arena Amazônia Vivaldo Lima, mas o projeto ficou marcado também por trágicos acidentes. Dois operários morreram nas obras em 2013 e outra morte foi registrada no início de 2014. Antes disso, o MPT já vinha exigindo a mudança de alguns padrões adotados no canteiro de obras do estádio.

Continua. Fonte: Globo Esporte AM.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

STF suspende todos os processos sobre terceirização de call center

O ministro Teori Zavascki, do STF, determinou a suspensão de todos os processos em tramitação na Justiça do Trabalho sobre a legalidade da terceirização da atividade de call center pelas concessionárias de telefonia, matéria que teve repercussão geral reconhecida no ARExt 791.932.

Os requerentes argumentam que a continuidade dos processos tem gerado uma avalanche de decisões possivelmente nulas, por negarem aplicação ao art. 94, II, da lei 9.472/97, que autoriza as concessionárias a contratarem com terceiros a execução de “atividades inerentes, acessórias ou complementares” ao objeto das concessões. Sustentam, ainda, que a orientação adotada pelo TST nega vigência ao art. 97 da CF, que dispõe sobre a cláusula de reserva de plenário.

Atividade-meio ou atividade fim?

O pano de fundo da questão é a possibilidade ou não de terceirização dos serviços de call center pelas empresas de telefonia.

Para o TST, nos termos de sua súmula 331, podem ser terceirizadas as atividades de vigilância, conservação e limpeza, e “serviços especializados ligados à atividade-meio do tomador”, desde que ausentes a pessoalidade e a subordinação direta. A grande questão, contudo, é que não existe um critério objetivo capaz de definir as atividades-fim, gênese de muitas celeumas que sobrecarregam o judiciário.Continua. Fonte: Migalhas.

Veja também: Ações sobre terceirização de call center terão de esperar decisão do STF. Fonte: Conjur.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Discriminação genética nas relações de trabalho e responsabilidade civil sob a ótica do Código Civil brasileiro

por Eduardo Luiz Cabette, Alex Lino da Silva e Luís Fernando Rabelo Chacon

É justo que empregados sejam selecionados mediante testes de genética? É justo que empregadores paguem pelos “problemas genéticos” de seus empregados? Há exceção a essa questão? Há situações nas quais a discriminação genética é aceitável?

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Metas excessivas, forma de venda constrangedora, divulgação da improdutividade: empresa é condenada por assédio moral

Imposição e cobrança de metas excessivas, forma de venda constrangedora e humilhante, divulgação da improdutividade de forma discriminatória. Esse foi o cenário que levou o juiz substituto Márcio Roberto Tostes Franco, à frente da 1ª Vara do Trabalho de Pouso Alegre, a condenar uma grande empresa, responsável pela administração de importantes varejistas brasileiras, a pagar indenização por dano moral a uma vendedora. A reparação foi arbitrada em R$ 30 mil.

Na avaliação do julgador, a reclamante conseguiu provar que sofria assédio moral no trabalho. Uma testemunha relatou que havia divulgação dos resultados do vendedor. Segundo ela, os nomes ficavam registrados em uma ficha atrás da mesa do gerente, que fica no salão da loja. Os vendedores que batiam metas eram assinalados em azul e os que não batiam, em vermelho. Todos assinavam a lista. Ainda conforme a testemunha, havia ameaça de dispensa. Quem não batesse cotas durante três meses consecutivos, era dispensado. Além disso, a gerência determinava que o vendedor embutisse a garantia complementar e seguro na venda e também que não marcasse corretamente o horário de trabalho no ponto. Continua. Fonte: TRT/3.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Cortador de cana sem instalações sanitárias receberá R$ 30 mil por dano moral

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho aumentou a indenização por dano moral a um cortador de cana-de-açúcar e condenou a Nova América S. A. a pagar R$ 30 mil por ausência de instalações sanitárias adequadas na lavoura. O trabalhador rural conseguiu provar que, no local de trabalho, só havia um buraco de 50cm e papel higiênico como banheiro improvisado em forma de barraca.

O empregado afirmou que desenvolvia suas atividades a céu aberto, sem água para lavar as mãos, sem condições sanitárias e local apropriado para refeições e descanso. Continua. Fonte: TST.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

“100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 027: anotações na CTPS

A carteira de trabalho deve ser utilizada apenas para o registro de dados relacionados ao contrato de trabalho. Qualquer informação desabonadora que pode atrapalhar a conquista de um novo emprego é vedada pela CLT.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

“100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 028: desídia

A desídia é o tipo de falta grave que, na maioria das vezes, consiste na repetição de faltas leves, que se vão acumulando até culminar na dispensa do empregado (Art. 482, CLT)

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Humor Bibliotecário

10 coisas que acontecem quando voc� n�o consegue desgrudar de um bom livro

Deixe um comentário

24/09/2014 · 9:00