“100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 23: gorjeta

A hora extra, o adicional noturno, o repouso semanal remunerado e o aviso prévio são calculados sobre verbas salariais, aquelas cujo pagamento tem origem no empregador. Embora, muitas vezes, o patrão recolha a gorjeta e a distribui entre os empregados, ela não é considerada parte do salário, uma vez que tem origem em terceiros, no caso, os clientes. A remuneração compreende as verbas salariais e os valores pagos por terceiros ao trabalhador. Essas informações são fundadas na Súmula 354 do TST e no artigo 457 da CLT. Fonte: CSJT.

1 comentário

Arquivado em Notícias

Uma resposta para ““100 coisas que todo trabalhador deve saber” nº 23: gorjeta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s