MPT processa Walmart em R$ 125 milhões

O Estadão Online, o site da Época Negócios e outros veículos destacam que o Ministério Público do Trabalho em Alagoas (MPT-AL) ajuizou uma ação civil pública que pede que o Walmart seja condenado a pagar R$ 125 milhões por irregularidades trabalhistas. A ação envolve assédio moral e desrespeito à jornada de trabalho, além de falta de equipamentos e condições adequadas de saúde e segurança. Segundo informou o MPT, investigações constataram que os trabalhadores são advertidos de forma constrangedora. Além disso, afirma o MPT, auditores fiscais do trabalho verificaram que a empresa não concede intervalo para almoço e que costuma prorrogar a jornada normal de trabalho além do limite legal de duas horas. A concessão do descanso semanal remunerado, de preferência aos domingos, também é desrespeitada, de acordo com o órgão. O MPT reportou ainda que, a seu pedido, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Alagoas e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador realizaram inspeções em lojas da companhia. O órgão afirma que os empregados não usam equipamentos de proteção necessários e têm acesso obstruído a hidrantes e extintores. O MPT também considerou que há risco à segurança dos empregados no transporte de dinheiro dos caixas para outros pontos das lojas. Leia direto da fonte

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s