Shiiiiii! Sensor controla ‘volume’ dos alunos em biblioteca do IF Muzambinho, MG

Biblioteca do Instituto Federal do Sul de Minas em Muzambinho (Foto: Marcelo Rodrigues / EPTV)‘Alarme’ é disparado quando o tom de voz da pessoa ultrapassa 80 decibéis.Alunos têm respeitado e ambiente ficou mais silencioso com novo método.

Quem frequenta uma biblioteca, já está acostumado com os pedidos de silêncio por todo o local, mas nem sempre esta solicitação é atendida. Para evitar o problema, o Instituto Federal de Muzambinho (IF Sul de Minas em Muzambinho) implantou um sensor de “volume” na biblioteca da instituição para controlar o tom de voz dos estudantes.

A bibliotecária Judite Fernades Moreira não consegue contar quantas vezes precisou lembrar os mais “tagarelas” para falar baixo na biblioteca. “É um incômodo ter que descer [para o setor onde eles estavam], pedir silêncio para os alunos e muitas vezes não resolve, porque a gente acaba de pedir silêncio e o barulho volta”, conta.

O sensor instalado na biblioteca do instituto mede a intensidade do som no ambiente e se ultrapassar 80 decibéis, o avisou vem na hora: o equipamente dispara um som alto semelhante a um alarme “anunciando” que é preciso baixar o tom de voz. O novo método tem funcionado. “A pessoa se irrita com o barulho que faz, então acaba que colabora mais um pouquinho”, confessa o estudante Carlos Henrique Castro. Continua. Fonte: G1 Sul de Minas.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s