Combate ao Tráfico de Pessoas: Brasil teve 3.063 casos de trabalho análogo à escravidão em 2012

Tráfico de pessoas ainda é um problema recorrente no mundo Vladimir Platonow/28.jul.2014/Agência Brasil

Nesta quarta-feira (30), é comemorado o Dia Internacional de Combate ao Tráfico Internacional de Pessoas, e o Brasil ainda registra um alto número de pessoas traficadas ou trabalhando em situações análogas à escravidão. Apenas em 2012, foram 3.063 trabalhadores flagrados em condições similares às dos escravos, com rotinas extenuantes, péssimas condições sanitárias, salários inadequados, entre outras situações degradantes.

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) registrou 46 estrangeiros nesse universo, sendo 41 bolivianos e cinco paraguaios. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Justiça no começo desta semana.

No mesmo ano, quatro casos de brasileiros que foram levados para fora do Brasil para exploração sexual foram registrados. Um homem foi levado para a Romênia e outro para a Sérvia para atuarem como jogadores de futebol. Já duas mulheres foram encontradas na Índia sendo exploradas como modelos.

Os casos específicos de tráfico de pessoas registrados em 2012 chegaram a 1.168. O tráfico interno de pessoas foi o de maior incidência, tendo a adoção ilegal como o caso mais recorrente.

Os casos de tráfico para fins de adoção ilegal, tanto internos quanto internacionais, chegam a 57 ao todo. Em seguida, vêm os casos de exploração sexual, com 34 incidências. Continua. Fonte: R7.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s