Arquivo do dia: 22/01/2014

Para incentivar leitura, publicitárias espalham livros com bilhetes em locais públicos do DF

Já pensou em andar pela rua e, de repente, se deparar com um livro acompanhado de um bilhete falando que o livro encontrado é seu?

Isso pode acontecer com você, se estiver no Distrito Federal. As responsáveis pela ação são as publicitárias Taís Matos, 27 anos, Jeanne Dourado, 48 anos e Carol Soares, 28 anos, que se conheceram no trabalho há pouco mais de ano. Além da profissão, as três têm em comum o sonho de mudar um pouquinho o dia de alguém com livros, sem deixá-los empoeirar em uma biblioteca e sim espalhando-os por lugares bacanas por onde passam.  Conitnua na fonte: R7.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Os homens que roubavam livros

Acervos de livros raros nem sempre recebem do Estado a atenção devida, mas são mina de ouro para quem entende do assunto. A combinação desses fatores, descaso e valor, leva a crimes milionários.

Exemplo notório disso ocorreu em 2012, quando o italiano Marino Massimo de Caro foi preso por furtar mais de mil livros da Biblioteca Girolamini, instituição napolitana da qual tinha sido nomeado diretor meses antes.

No Brasil, bibliotecários e investigadores afirmam que furtos e roubos de livros raros se multiplicaram em dez anos, embora não seja possível mensurá-los –sobretudo devido ao silêncio de vítimas, que não raro só descobrem os crimes quando as obras reaparecem. Continua na fonte: Folha de São Paulo.

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Vídeo: segurança do trabalho em escavações e fundações

escavações e fundaçõesFazer as escavações e as fundações são etapas muito importantes das obras, mas também  trazem muitos riscos à segurança do trabalhador, como  os soterramentos, que, quando ocorrem provocam até a morte de
trabalhadores. Por isso, as escavações devem ser planejadas e conduzidas  por um profissional responsável, de acordo com a NR-18. Assista ao vídeo produzido pela Fundacentro.

Deixe um comentário

Arquivado em Vídeos da Fundacentro

TRT-2 institui parâmetros para autorização de trabalho do menor

A Convenção 138, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), ratificada pelo Brasil, prevê a possibilidade de concessão clausulada do trabalho da criança e do adolescente, antes dos 16 anos, pela autoridade judiciária competente.
E para instituir parâmetros ao processo judicial para concessão dessa autorização do trabalho do menor no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, foi publicado o Provimento GP/CR nº 12/2013. O documento está no Diário Oficial Eletrônico do Tribunal dessa segunda-feira (20).
Orientações como documentação necessária para formular o pedido, comunicações ao Ministério Público e abrangência do alvará foram expostas no regramento.

Saiba mais lendo a íntegra do provimento, aqui. Fonte: TRT/2.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Empresas de Jirau pagarão 5 milhões por dano moral coletivo

Além do cumprimento imediato de 42  obrigações relativas à saúde e segurança no trabalho, sob pena de  pesadas multas, as empresas Energia Sustentável do Brasil S/A e Comércio  e Construções Camargo Corrêa S/A terão que pagar 5 milhões de reais a título de dano moral coletivo

A 6ª Vara do Trabalho de Porto Velho, em sentença (Processo nº 0000588-91.2011.5.14.0006) publicada no dia de hoje, de lavra do Juiz do Trabalho Jaílson Duarte, acolheu os principais pedidos do Ministério Público do Trabalho, em ação civil pública que havia sido ajuizada em 2011.

Na sentença, as empresas Energia Sustentável do Brasil S/A e Comércio e Construções Camargo Corrêa S/A foram condenadas a pagar 5 milhões de reais a título de dano moral coletivo, além de cumprir imediatamente 42 obrigações relativas à saúde e segurança no trabalho, sob pena do pagamento de pesadas multas.

Segundo o Procurador do Trabalho, coordenador regional da CODEMAT e atualmente responsável pelo processo, Bernardo Mata Schuch, “A condenação solidária e a antecipação de tutela concedida na própria sentença são fundamentais para estancar as irregularidades que há muito tempo vinham sendo flagradas, e que inclusive já redundaram na morte de 7 trabalhadores. A fiscalização vai continuar e o rigor das multas, desde agora exigíveis, é a nossa maior garantia de que o meio ambiente de trabalho na usina deverá ser mais saudável e seguro por um bom tempo, até a finalização dessa importante obra do PAC”. Fonte: PRT/14.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

JT interdita Centro de treinamento da Copa em Manaus por falhas de segurança

A Justiça do Trabalho paralisou as obras do Campo Oficial de Treinamento (COT) Carlos Zamith, uma das construções realizadas em Manaus para a Copa do Mundo. A interdição ocorre nos trabalhos em altura e em serviços que utilizem guindastes, máquinas ou equipamentos elétricos. A decisão é resultado de liminar concedida em ação do Ministério Público do Trabalho no Amazonas (MPT-AM) contra a construtora J. Nasser, responsável pela obra.
A construtora foi acionada por falhas de segurança nos serviços de altura, irregularidades no manuseio de equipamentos elétricos e na operação de guindastes, além do uso de uma rede elétrica clandestina para conclusão dos serviços.
Para retomar as obras, a J. Nasser terá que comprovar a adoção das medidas de segurança referentes às normas de segurança contra tombamentos e à proteção contra queda de alturas, de andaimes e de plataformas. Continua na fonte: Ascom MPT-AM.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Vídeo: Criação de empregos com carteira assinada tem pior resultado dos últimos 10 anos

A comentarista de economia Thaís Herédia ressalta que é preciso discutir a eficiência e a produtividade do trabalho. Ela explica que faltam trabalhadores especializados no mercado formal. Assista à reportagem. Fonte: Globo News.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Biblioteca na Praia, em Pipa/RN

Fonte: Viciados em Livros.

Deixe um comentário

22/01/2014 · 12:45

Operação flagra trabalho escravo e infantil em carvoarias do interior de São Paulo

G1 acompanhou blitz, que resgatou 19 trabalhadores, além de 7 menores. Produto vai para grandes supermercados da capital, diz superintendente.

Ação da Polícia Rodoviária Federal, Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho foi realizada em três cidades: Pedra Bela, Joanópolis e Piracaia (Foto: Thiago Reis/G1)Ação da Polícia Rodoviária Federal, Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho foi realizada em três cidades: Pedra Bela, Joanópolis e Piracaia (Foto: Thiago Reis/G1)

Dezenove trabalhadores foram encontrados nesta terça-feira (21) em condições análogas à de escravos em carvoarias do interior de São Paulo. Sete crianças e adolescentes também foram flagrados trabalhando durante uma megaoperação conjunta para combater o crime em Pedra Bela, Joanópolis e Piracaia. Ao todo, dez estabelecimentos foram alvo da blitz, e seis acabaram interditados.

G1 acompanhou uma das quatro equipes que participaram da fiscalização, em uma ação da Polícia Rodoviária Federal, Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho. Quase cem policiais participaram da blitz, que irá continuar nesta semana. Uma juíza e um integrante da Advocacia-Geral da União (AGU) também estavam no grupo. continua na fonte: G1.

2 Comentários

Arquivado em Notícias gerais

Para MPT, combate ao trabalho escravo passa por mudança de mentalidade

Para o procurador do Trabalho em São Paulo e vice-coordenador nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conaete), do Ministério Público do Trabalho, Luiz Carlos Michele Fabre, o combate ao trabalho escravo precisa avançar em direção a uma mudança de cultura. Ele conta que hoje são raros os casos de flagrantes de vigilância armada contra trabalhadores, mas que ainda existe retrocesso na mentalidade de muitos empregadores.

— Estamos num patamar mais avançado. Vemos fazendas grandes em que o trabalhador não tem nem vaso sanitário nem lugar para tomar banho tampouco carteira de trabalho. Estamos tratando de uma questão cultural. A ideia é que isso avance mais — afirma.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/para-mpt-combate-ao-trabalho-escravo-passa-por-mudanca-de-mentalidade-11365461#ixzz2r8XZCqeA
© 1996 – 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Humor Bibliotecário

Fonte: Revista Bula

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia