Arquivo do dia: 27/09/2013

Concurso de Fotografia “Dia da Árvore” – resultado

Foto Carlos HenriqueFoto: Carlos Henrique da Cunha Melo

A Comissão de Gestão Ambiental do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte realizou esta semana o 1º Concurso de Fotografia “Árvore Florida”, para marcar o Dia da Árvore e o início da primavera, que é comemorado em 21 de setembro. Para anunciar o resultado do concurso, a comissão organizou uma confraternização, ocorrida hoje, 27 de setembro, ocasião em que foram plantadas três mudas de ipês amarelos nos canteiros em frente à sede do MPT/RN, em Natal.

A foto vencedora foi a intitulada “O baobá de Natal”, registrada pelo servidor Carlos Henrique da Cunha Melo. Ele foi contemplado com o livro de fotografias “Seridó”, com registros feitos no interior do Rio Grande do Norte, de autoria do fotógrafo Fernando Chiriboga. O prêmio foi entregue pelo procurador-chefe, Rosivaldo Oliveira, que também ajudou a plantar os ipês, no canteiro.
Em 2º lugar ficou “Doce manga”, do servidor Adenor Rocha da Silveira, registro feito na  própria sede do MPT/RN, em Natal. A fotografia feita pela servidora Anne Priscila Galvão Rosado obteve a 3ª colocação.
Os demais registros que participaram do concurso, bem como a cobertura da premiação da foto vencedora, podem estarão disponíveis a partir desse final de semana, no facebook do MPT Ambiental: https://www.facebook.com/MPTambiental?fref=ts. O evento contou com a participação de procuradores, servidores, estagiários e prestadores de serviço.

Vejam as demais fotos concorrentes https://bibliotecaprt21.wordpress.com/espaco-do-escriba/2109-dia-da-arvore/  Ascom – MPT/RN

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Direito & Literatura: A Queda, romance filosófico de Albert Camus

Direito e Literatura: do Fato à Ficção é um programa de televisão apresentado pelo procurador de Justiça do Rio Grande do Sul e professor da Unisinos Lenio Streck, no qual se discute, com convidados, uma obra literária e seu diálogo com o Direito. A obra abordada nesta edição é A Queda, romance filosófico do escritor franco-argelino Albert Camus. Participaram do debate Francisco Borges Motta, professor de Direito da Unisinos, e Robert Ponge, professor de Letras da Ufrgs.  Clique aqui para assistir. Fonte: Conjur.

Lenio Streck

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

(vídeo) Libertados em Goiás trabalhadores que viviam em regime de escravidão

Onze trabalhadores foram libertados de uma fazenda em Goiás, onde viviam em condições precárias. Só este ano, 140 pessoas foram resgatadas no estado. Clique aqui para assistir ao vídeo.

Denúncias levaram os fiscais até a fazenda Curralinho, no município de Jaraguá, a 120 quilômetros de Goiânia. Os próprios fiscais registraram o que encontraram: trabalhadores que não tinham equipamentos de proteção para aplicar agrotóxicos na lavoura de tomate, alojamentos improvisados para dormir. Não havia também banheiros para os empregados. A água para consumo vinha de um Rio e não era tratada. No local não existia geladeira para guardar a comida. A jornada de trabalho passava de 12 horas para os 11 lavradores que vieram no Maranhão e tiveram que trabalhar, ainda, sem carteira assinada. Continua na fonte: Bom Dia Brasil.

Deixe um comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos

Terceirização sem limites é combatida pelo MPT em audiência pública na Câmara Municipal de Natal

Como representante do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN) e Coordenador Nacional de Combate às Fraudes nas Relações de Trabalho (Conafret), o procurador regional do Trabalho José de Lima Ramos Pereira participou, esta semana, de uma audiência pública contrária à terceirização sem limites, prevista no texto do Projeto de Lei nº 4330/2004. O debate foi promovido pela Frente Parlamentar do Trabalho da Câmara de Vereadores de Natal, tendo sido presidida pelo vereador George Câmara. Para combater a aprovação do PL 4330/2004, o procurador informou aos presentes que a Conafret organizou um abaixo-assinado. Continua na fonte: Jornal de Hoje.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Humor Bibliotecário

Fonte: Bibliotecomics

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Livros escritos atrás das grades

https://i0.wp.com/bibliotecadesaopaulo.org.br/wp-content/uploads/2013/09/prisao.jpg

Veja a seguir uma lista com obras que foram produzidas enquanto seus escritores estavam atrás das grades.

Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes* Dom Quixote foi produzido na prisão em Sevilha, em 1597, quando Cervantes, como coletor de impostos, foi preso por se apropriar de dinheiro público após diversas contas terem sido investigadas.

Memórias do cárcere, Graciliano Ramos* Publicado postumamente, este livro de memórias não chegou a ser concluído, faltando o capítulo final. Graciliano foi preso em 1936 devido ao seu envolvimento político com o comunismo. No livro, o escritor descreve os tipos de companhia que teve na cadeia, acontecimentos como a entrega de Olga Benário para a Gestapo, sessões de tortura aplicadas a Rodolfo Ghioldi, dirigente do Partido Comunista da Argentina, entre outros. Durante a prisão, diversas vezes Graciliano destrói ou afirma destruir as anotações que poderiam lhe ajudar a compor uma obra mais ampla. Também dá importância ao sentimento de náusea causado pela imundície das cadeias, chegando a ficar sem alimentação por vários dias, em virtude do asco.

Veja mais na fonte: Biblioteca de São Paulo.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa