Arquivo do dia: 19/08/2013

O futuro das bibliotecas

Foto: ASSOCIATED PRESS
Com um acervo de mais de 20 milhões de livros, a Biblioteca Pública de Nova York é um exemplo do diálogo entre tradição e modernidade: ferramentas digitais ajudam usuários a encontrar títulos e conteúdos
Um dos mais respeitados pensadores dos espaços que abrigam coleções de livros, o pesquisador e escritor Matthew Battles é um entusiasta do diálogo entre esses estabelecimentos e os avanços
tecnológico
Por: MAURÍCIO MEIRELES – AGÊNCIA O GLOBO
Rio de Janeiro, RJ – Matthew Battles era um homem que tomava conta dos livros. De responsável pelas obras raras da biblioteca da Universidade de Harvard ele passou a um dos principais pensadores do futuro das bibliotecas diante dos avanços tecnológicos. Hoje, dirige o metaLab, centro de pesquisas de Harvard sobre a influência da tecnologia nas artes e ciências humanas. No laboratório, é um dos colaboradores da Digital Public Library of America, biblioteca digital que une vários acervos dos Estados Unidos. Ele conversou com a reportagem, por telefone, antes de desembarcar no Rio para a série Múltiplos e Contemporâneos – A Literatura.com, aberta na última terça-feira (13) com a palestra Biblioteca do Futuro, ministrada por ele no Centro Cultural Banco do Brasil. Continua na fonte: Gazeta de Alagoas.

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Vídeo: Trabalho em Revista, n° 209

Reportagem especial sobre a discriminação no trabalho, especialmente em relação aos portadores de HIV. Clique aqui para assistir. Fonte: TRT/23.

Trabalho em revista - HIV

Deixe um comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos

Câmara debate responsabilizar clientes pelos direitos trabalhistas de carvoeiros

Uma audiência pública na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público debate nesta terça-feira (20), às 14h30, o Projeto de Lei 603/11, que estende aos compradores de carvão vegetal as responsabilidades trabalhistas dos proprietários de carvoarias com seus empregados.

A proposta, do deputado Rubens Bueno (PPS-PR), que tramita apensada ao Projeto de Lei 770/11, da deputada Nilda Gondim (PMDB-PB), acrescenta a “responsabilidade solidária nos contratos de trabalho em carvoarias” à Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT (Decreto-lei 5.452/43). Continua na fonte: Ag. Câmara.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Aprendiz gestante tem direito a estabilidade provisória

Por Tadeu Rover

O direito da empregada gestante de se manter no emprego sem prejuízo dos salários começa a valer a partir da concepção até 5 meses após o parto. Isto aplica-se a partir  da Súmula 244 do Tribunal Superior do Trabalho, que alcança também os contratos por prazo determinado, caso do contrato de aprendizagem. Esse foi o entendimento aplicado pela 8ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais ao manter sentença que condenou uma empresa ao pagamento das parcelas decorrentes da estabilidade reconhecida, inclusive pelo período da licença maternidade.

De acordo com a juíza convocada Ana Maria Amorim Rebouças, a Súmula 244, item III, do TST foi alterada recentemente, passando a dispor que a empregada gestante tem direito à estabilidade provisória prevista no artigo 10, inciso II, alínea “b”, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. Ou seja, da confirmação da gravidez até 5 meses após o parto, mesmo na hipótese de admissão mediante contrato por tempo determinado. Continua na Fonte: Conjur.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Cooperativa de deficientes e companhia energética são condenadas por terceirização ilegal

A Cooperativa de Produção e Trabalho de Deficientes Físicos, Auditivos e Visuais e a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE) do Rio Grande do Sul foram condenadas pela Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) a pagar verbas trabalhistas por intermediação ilícita de mão de obra.

Três empregadas foram contratadas em 2001 pela cooperativa para prestar serviços de auxiliar administrativo na sede da CIEE. Na reclamação trabalhista, elas alegaram que trabalharam de forma permanente e habitual na CEEE, cumprindo horário fixado por esta e diretamente subordinadas a chefias da empresa. Afirmaram que as atividades eram idênticas às dos empregados da empresa. Quando foram demitidas, em 2005, as “cooperadas” pediram na Justiça do Trabalho a condenação da cooperativa e da companhia energética ao pagamento de verbas trabalhistas às quais associados de cooperativa não têm direito, sustentando tratar-se de relação de emprego. Continua na fonte: TST.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Eternit é processada em R$ 1 bilhão por contaminação com amianto

Ex-funcionários. João Batista Momi (à direita) , Elizer João de Souza (à esquerda) e Doracy Maggion trabalharam na Eternit e hoje lutam por reparação Foto: Marcos Alves / Marcos AlvesEx-funcionários. João Batista Momi (à direita) , Elizer João de Souza (à esquerda) e Doracy Maggion trabalharam na Eternit e hoje lutam por reparação / Marcos Alves

O Ministério Público do Trabalho (MPT) ajuizou uma ação civil pública na 9ª Vara do Trabalho, em São Paulo, contra a Eternit, pedindo R$ 1 bilhão por dano moral coletivo. É o maior valor pedido pelo MPT numa ação por danos morais. Os procuradores acusam a empresa de ser a responsável pela contaminação de centenas de empregados da unidade de Osasco (SP) que ficaram expostos ao amianto e de não dar assistência médica devida a eles. A fábrica funcionou por 50 anos e fechou suas atividades em 1993.O amianto é usado na fabricação de telhas e caixas d’água. É um produto cancerígeno e que causa graves problemas respiratórios. A asbestose, doença causada pela inalação do amianto, é também conhecida como geradora do “pulmão de pedra”.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/eternit-processada-em-1-bilhao-por-contaminacao-com-amianto-9595618#ixzz2cQL3JFrt
© 1996 – 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Doenças mentais são segunda causa de afastamento do trabalho no país

Dados da Previdência Social demonstram que as doenças mentais são a segunda causa de auxílio doença, de incapacidade permanente e de invalidez no Brasil. O alerta foi feito pela procuradora regional do Trabalho Ileana Neiva no seminário sobre Condições de Trabalho e Saúde Mental do Trabalhador do Sistema Único de Saúde (SUS) realizada nesta quinta-feira (15) em Natal. “Os dados ainda podem ser mais alarmantes, pois há muita subnotificação, seja devido à falta do registro no Sistema Nacional de Agravos de Notificação Compulsória (SINAN), seja pela ausência de emissão da Comunicação de Acidentes de Trabalho (CAT) e até por vergonha do trabalhador em admitir o problema,” destacou ela.
Além de apontar os fatores de estresse ocupacional, relacionados aos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS), a palestra enfatizou a importância da elaboração de Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional e de Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais, para os trabalhadores do SUS, destinado a atender às necessidades específicas de cada ambiente de trabalho, de forma individualizada. Continua na fonte: JusBrasil. Veja também em: Folha Web, Revista Bzzz.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Deslocamento até aeroporto e espera por check in em viagens a trabalho é tempo à disposição do empregador

Uma empregada buscou na Justiça do Trabalho mineira o pagamento de horas extras em razão das diversas viagens a trabalho que realizava, argumentando jamais ter recebido o valor que lhe seria devido, inclusive pelo tempo de ida e volta até os aeroportos e mais o que despendia nos obrigatórios “check ins” antecipados e, ainda, na duração de voos. E o juiz Cristiano Daniel Muzzi, em sua atuação na 22ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, deu razão à trabalhadora. Segundo verificou o julgador, para uma jornada normal de 08 horas, sendo que habitualmente tinha que viajar a outros estados para prestar serviços de consultoria em nome do banco reclamado. Continua na fonte: TRT/3.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Projeto Biblioteca Itinerante para Trocas de Livros leva exemplares a bairros carentes de Natal

Projeto Biblioteca Itinerante pretende proporcionar a construção de uma comunidade mais bem informada

Ao olhar para sua estante, o bibliotecário Raimundo Muniz, da Biblioteca Central Zila Mamede, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), sentiu o desejo de fazer circular seus livros. Apesar de amar seu acervo, Raimundo idealizou o projeto Biblioteca Itinerante para Trocas de Livros, a fim de compartilhar suas leituras com outras pessoas.

O idealizador é um apaixonado pelos livros e fala do projeto com uma empolgação contagiante. Nascido numa família humilde no sertão da Bahia, na Chapada Diamantina, tomou gosto pela leitura por meio dos cordéis vendidos nas feiras livres. Quando adolescente, foi trabalhar numa farmácia e passou a ler bulas de remédios. Na escola, seu primeiro livro foi Meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos, e, desde então, não parou mais de ler.

Com a proposta de estimular a leitura e a troca de livros, tanto no campus universitário quanto nos bairros mais carentes de Natal, o projeto Biblioteca Itinerante pretende proporcionar a construção de uma comunidade mais bem informada. Continua na fonte: Gazeta do Oeste.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Revista Ltr nº 07/2013

Encontra-se disponível na Biblioteca do MPT/RN. Clique aqui para ver o sumário.

LTr 07.20130001

Deixe um comentário

Arquivado em Sumário de Periódicos

Câmara vai instalar CPI para traçar estratégias para erradicar trabalho infantil

A Câmara deve instalar nos próximos dias uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a exploração do trabalho infantil no País. Dados oficiais mostram que, em 2011, 3,7 milhões de crianças e adolescentes de cinco a dezessete anos trabalharam no Brasil em atividades econômicas ilegais.

Autora do pedido de criação dessa CPI, a deputada Sandra Rosado (PSB-RN) diz conhecer de perto a realidade de famílias pobres que são levadas a colocar seus filhos no trabalho de lavoura e carvoeiras no Nordeste.

“A pobreza é muito grande, mas o pior é a desinformação. Eu sei porque vejo, não li apenas em nenhum lugar, a criança na escola traz mais futuro para essas famílias do que se ausentando para trabalhar”, disse.

Desde 2006, a deputada vem apresentando o requerimento para criação da CPI, e finalmente ela se concretizou. Agora a instalação depende das indicações de integrantes pelos líderes de todos os partidos. Continua na fonte: Ag. Câmara.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Trabalho infantil não é legal

Deixe um comentário

19/08/2013 · 9:09