Arquivo do dia: 18/08/2013

Os 10 melhores filmes da história do cinema, segundo Woody Allen

Woody Allen

Numa enquete promovida pelo British Film Institute sobre os melhores filmes de todos os tempos,  o diretor de “Annie Hall”, “Crimes e Pecados”, “Manhattan” e Meia Noite em Paris, o cineasta americano Woody Allen — sempre  averso a enquetes e listas — elegeu aqueles que seriam os maiores filmes da história do cinema e sua principais influências. A lista contempla filmes realizados entre 1937 e 1972 e traz diretores como François Truffaut, Vittorio de Sica, Federico Fellini, Luis Buñuel, Jean Renoir, Stanley Kubrick, Akira Kurosawa e Ingmar Bergman.

— Os Incompreendidos — The 400 Blows (François Truffaut, 1959)
— 8 ½ — Oito e Meio (Federico Fellini, 1963)
— Amarcord (Federico Fellini, 1972)
— Ladrões de Bicicleta — The Bicycle Thieves (Vittorio de Sica, 1948)
— Cidadão Kane — Citizen Kane (Orson Welles, 1941)
— Discreto Charme da Burguesia (Luis Buñuel, 1972)
— A Grande Ilusão — Grand Illusion (Jean Renoir, 1937)
— Glória Feita de Sangue — Paths of Glory (Stanley Kubrick, 1957)
— Rashomon (Akira Kurosawa, 1950)
— O Sétimo Selo — The Seventh Seal (Ingmar Bergman, 1957)

Fonte: Revista Bula.

Deixe um comentário

Arquivado em Arte e cultura

Assalto na livraria

Deixe um comentário

18/08/2013 · 11:00

As deliciosas histórias dos livros com dedicatórias que vão acabar nos sebos

Clique aqui para ouvir a entrevista na Rádio CBN.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

40 obras do artista potiguar Mocó ocupam a Pinacoteca do Estado até 30 de agosto

Obras do artista potiguar Mocó, radicado nos Estados Unidos, compõem expressiva mostra de arte naïf na Pinacoteca do Estado. A exposição, que pode ser visitada  até o dia 30, de terça a domingo, das 8h às 17h, reúne 40 quadros do pintor que conquistou os críticos americanos com sua arte primitivista.

mocoA inspiração de Mocó remonta às pinturas ingênuas dos potiguares Iaperi Araújo e Francisco Iran, passeia pelos cenários modernistas de Pablo Picasso e reproduz as cores de Henry Matisse.  Em vários gêneros o classificam, mas a arte Mocó continua a dividir opiniões e segue em busca de uma unanimidade, deixando-se apenas saber que seu trabalho é algo com uma junção de estilos ou algo assim, que o torna contemporâneo. Fonte: Catraca Livre.

Deixe um comentário

Arquivado em Arte e cultura

Portal Índio Educa tem 200 artigos escritos por indígenas

índio educa

No site Índio Educa, é possível encontrar artigos a respeito de diferentes etnias e tribos brasileiras, todos escritos por indígenas. Os assuntos são diversos, e vão de aspectos históricos ao cotidiano. ”A época do índio sem voz está terminando. Este projeto tem o objetivo de empoderar o indígena para dialogar. Trabalhamos em cima dos preconceitos que existem, como pessoas que acham que eles ainda vivem nus”, conta o presidente da Thydêwá, Sebastian Gerlic. Continua na fonte: Catraca Livre.

2 Comentários

Arquivado em Diversos, E-books, Bibliotecas Digitais