Arquivo do dia: 01/08/2013

Acervo digital da Repórter Brasil

Consulte as cartilhas, relatórios de impacto, estudos e mapeamentos de cadeia produtiva produzidos por profissionais ligados aos diferentes projetos da ONG em http://reporterbrasil.org.br/?p=1977 — em Repórter Brasil.

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Vídeo: Casas de Farinha

casas de farinha

Os programas dos governos federal e estaduais vêm priorizando o desenvolvimento regional como forma de geração de ocupação e renda,manutenção da cultura e redução de migração do homem do campo ás grandes cidades.
Com esse foco,o Sebrae,em parceria com Fundacentro, Senai e Fejal,estudou o desenvolvimento da atividade farinheira no agreste de Alagoas no intuito de adequar as casas de farinha, antigos engenhos, á realidade da indústria de alimentos, garantindo-lhe a inserção na competitividade do mercado global.
Este vídeo reflete um pouco desse esforço.Na região,existem mais de 3000 famìlias serão beneficiadas.No entanto, este trabalho poderá agregar valor à produção de farinha em muitos outros estados do país. Clique aqui para assistir. Fonte: Fundacentro

Deixe um comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos, Vídeos da Fundacentro

Odebrecht é condenada por colocar trabalhador em campo minado em Angola

1º/08/2013 – O Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (PI) condenou a Construtora Norberto Odebrecht S/A ao pagamento de adicional de periculosidade a um funcionário que trabalhava em um campo minado em Angola (África). O trabalhador piauiense foi contratado para operar máquinas na construção de linhas de transmissão nas províncias africanas de Lucala, Malange e Luigi.
Na ação, o autor informou que laborou na empresa entre os anos de 2008 e 2012, quando foi demitido sem justa causa, sem que lhe fossem pagas as devidas verbas rescisórias e indenizatórias decorrentes do vínculo de emprego. O empregado destacou que, devido à guerra civil, existem cerca de 15 milhões de minas terrestres em Angola, sem mapas para a sua localização. Ele destacou ainda que cerca de dez pessoas morrem por dia no país vítimas de minas, um problema que já matou mais de 70 mil angolanos. Diante dos fatos, além das verbas rescisórias, o autor da ação requereu adicional de periculosidade. Continua na fonte: CSJT.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Trailer de livro: A menina que roubava livros, de Markus Zusak

A menina que roubava livros

Clique aqui para assistir ao trailer.

Sinopse

“A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto – e raro – de crítica e público.”

‘A Menina que Roubava Livros’ é obra mais lida nas penitenciárias do Brasil

Deixe um comentário

Arquivado em Trailer de livro

OSX vai pagar cursos para demitidos a título de danos morais coletivos

A OSX, estaleiro do grupo EBX, e o Ministério Público do Trabalho (MPT) chegaram a um acordo, por meio da Procuradoria do Trabalho em Campos dos Goytacazes, que determina que a empresa deverá pagar cursos profissionalizantes, a título de danos morais coletivos, para 330 empregados demitidos este ano, sem justa causa. Os funcionários foram dispensados em função da redução do ritmo da construção do estaleiro no Porto do Açu, em São João da Barra, norte do Estado do Rio de Janeiro. Fonte: Valor Econômico.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Ford pagára R$ 4 milhões por contratação irregular de pessoas supostamente deficientes

A Ford do Brasil recebeu nova multa, desta vez de R$ 4 milhões, em razão do processo de contratação irregular de 280 funcionários, supostamente deficientes, na unidade de Tatuí (SP). Em fevereiro, a empresa já havia sido multada em R$ 400 milhões pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15.ª Região.

Outra penalidade, no mesmo valor, foi aplicada à Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (Avape). Ambas ainda podem ter de pagar indenização superior a R$ 4 milhões cada uma caso entrem com recursos contra a decisão.

Após a sentença que estabeleceu a primeira multa, a Ford entrou com embargo de declaração pedindo explicações de pontos que considerava obscuros na decisão do juiz Marcus Menezes Barberino. O juiz entendeu que houve má-fé por parte da montadora ao questionar pontos que estariam claros na sentença. Também que houve intenção da Ford de protelar o andamento do processo. Além de não acatar o embargo, ele determinou a multa extra em decisão publicada no dia 24 de maio. Continua na fonte: Estadão

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Aplicação da multa do art. 475-J do CPC ao processo laboral

João Marcos Esmeraldo Albuquerque

A multa prevista no art. 475-J do CPC (de natureza mista: coercitiva-punitiva) é aplicável ao processo trabalhista. Seu momento de incidência inicia-se na publicação de sentença líquida ou da fixação do crédito liquidando. Fonte: Jusnavigandi

Leia mais: http://jus.com.br/artigos/24463/aplicacao-da-multa-do-art-475-j-do-cpc-ao-processo-laboral#ixzz2aiw2SfT8

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

TRT-RN: CLT 70 anos discutirá direitos do trabalhador à aposentadoria

O projeto CLT 70 X 70 deste mês de agosto discutirá os direitos do trabalhador à aposentadoria à luz da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O tema será analisado, durante 70 minutos, no auditório da Livraria Saraiva (Midway) pelo advogado trabalhista e professor de Direito do Trabalho (UnP), Alexandre Pinto e pelo advogado e gerente da Agência da Previdência Social em João Câmara/RN, André Azevedo.

O CLT 70 X 70 tem como proposta discutir, uma vez por mês, temas contemporâneos com juízes, procuradores, advogados, professores, pesquisadores e estudiosos da Consolidação das Leis do Trabalho. A entrada gratuita e aberta ao público.

O projeto é coordenado pela juíza Simone Jalil, diretora da Escola Judicial do TRT-RN.

Serviço: CLT 70 anos X 70 minutos

Local: Auditório da Livraria Saraiva Midway Mall ” Av. Salgado Filho com Bernardo Vieira Lagoa Nova Natal/RN

Data: Quinta-feira ” 1º de agosto de 2013, às 19:00h

Fonte: Ascom – TRT/21ª Região

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos