Uma breve história das máquinas de livros

article image

Há quase dois séculos, máquinas de vender livros vêm ajudando a popularizar a leitura ao redor do mundo. Em algumas cidades elas são uma febre se espalhando por estações de metrô e aeroportos.

A primeira máquina de livros foi construída por Richard Carlile, na Inglaterra, em 1822. Carlile era um vendedor de livros que queria vender obras subversivas sem ser preso por isso. O vendedor teve a ideia de criar uma máquina self-service, que permitia aos clientes comprar livros sem a interferência de Carlile. (continua) Por: Michele Marques Baptista. Fonte: Biblioteca UCS

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s