Arquivo do dia: 05/06/2013

USP vai receber mais de cinco mil cartas inéditas de intelectuais brasileiros

Pastas e fichários têm ainda cartas de autores como João Cabral de Melo Neto e Jorge Amado

Acervo pertencia ao embaixador Mário Calábria, morto há um ano

carta da calábria

Em carta a Mário Calábria, em 1962, Afonso Arinos de Melo Franco descreve problema dentário da mulher Reprodução / Reprodução

Quando João Guimarães Rosa chegava perto das jaulas do zoológico de Munique, na Alemanha, girafas, macacos e elefantes se aproximavam. O escritor olhava-os por trás dos óculos fundo de garrafa e conversava com todos eles. Seu amigo, o embaixador Mário Calábria, observava curioso a intimidade estabelecida com os animais. A girafa era como “uma velha amiga” do autor de “Grande sertão: veredas”, já que o bicho inclinava o pescoção e “parecia entender tudo” que lhe era dito.

Esta é uma das histórias a que, em breve, o público poderá ter acesso e consultar. Mário Calábria morreu em junho de 2012, mas deixou um tesouro: cartas trocadas com grandes intelectuais brasileiros, às quais O GLOBO teve acesso.

Guimarães Rosa, que gostava de rechear as folhas com assuntos literários, é apenas um. A correspondência soma mais de cinco mil cartas trocadas com Jorge Amado, João Cabral de Melo Neto, Afonso Arinos de Melo Franco, Manuel Bandeira — e muitos outros. Além de cultural, a coleção tem também valor para a história política do Brasil, por conta das missivas que Mário Calábria trocava com políticos e outros diplomatas. Embaixador do Brasil na Alemanha Oriental, antes da queda do Muro de Berlim, Calábria também acompanhou, mais tarde, as atividades culturais do Itamaraty naquele país, como a organização da Feira de Frankfurt de 1994. (CONTINUA)

Leia mais sobre esse assunto em  http://oglobo.globo.com/cultura/usp-vai-receber-mais-de-cinco-mil-cartas-ineditas-de-intelectuais-brasileiros-8563371#ixzz2VMqGLPCs
© 1996 – 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Relator muda proposta sobre banco de horas de domésticas

Empregados domésticos vão receber em dinheiro até 40 horas mensais que fizerem além do período de trabalho. As que ultrapassarem isso, entrarão no banco de horas (veja mais) Fonte: Exame

Empregada domésticaSe trabalhar até 216 horas, o funcionário vai receber normalmente pelas horas já previstas e mais 50% sobre cada hora extra

Veja também Domésticas: compensação de horas extras deverá ocorrer dentro do mesmo mês. Fonte: Ag. Senado

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Empregada submetida à apalpação em regiões íntimas será indenizada em 15 mil

Uma trabalhadora da Censosud Brasil Comercial Ltda receberá R$15 mil a título de indenização por ter sofrido revista corporal abusiva. A condenação foi confirmada nesta quarta-feira (5) pela Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho, por estar em harmonia com a jurisprudência da Corte.

De acordo com a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (BA), a realização da revista íntima mostrou-se incontroversa, bem como o fato de ser realizada diante de terceiros. Segundo as testemunhas, o procedimento consistia em um empregado “passar a mão no corpo dos funcionários, inclusive nas nádegas, abaixo, entre os seios e também entre as pernas”. (continua) Fonte: TST

1 comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Empresa não deve indenizar se terceiro causou acidente

O Tribunal Regional da 15ª Região (Campinas) negou recurso a um trabalhador rural que pediu indenização por danos morais e materiais, a ser paga pela empresa onde trabalhava, depois de sofrer acidente no trajeto para o trabalho. Segundo a decisão da 10ª Câmara, o caso é “típica hipótese de fato de terceiro, circunstância que rompe o nexo causal entre o prejuízo suportado pela vítima e a conduta praticada pela reclamada (no caso, seu preposto), pressuposto do dever de indenizar”. A decisão colegiada afirmou ainda que o motorista foi “também uma vítima da conduta equivocada do motorista do caminhão — terceiro”. (continua) Fonte: Conjur

 

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Eternit, a empresa assassina

A Justiça italiana condena a 18 anos de prisão um dos homens mais ricos do mundo após 2.889 mortes relacionadas ao amianto

por Wálter Maierovitch

eternitCenários. Na Itália, os donos da Eternit foram condenados a 16 anos de prisão. Já aqui…

No inferno de Dante, onde a placa da entrada avisa que todas as esperanças devem ser ali deixadas, o barão belga Louis De Cartier De Marchienne, fundador da empresa multinacional de razão Eternit, tem cadeira cativa.

Esse barão morreu em 21 maio do ano passado, aos 92 anos de idade. Seu sucessor na dinastia, e co-partícipe na difusão planetária de produtos de amianto causadores de doenças mortais como a mesotelioma, é Stephan Schmidheiny, de 66 anos. Apelidado de “magnata do amianto”, é agora o “manda-chuva” do grupo suíço.

Só na Itália, com estabelecimentos em Casale Monferrato (Alessandria), Cavagnolo (Torino), Reggia Emilia e Napoli, o amianto da Eternit causou a morte em razão de mesotelioma em 2.889 funcionários. Fora as famílias dos empregados e que habitavam em casas construídas com material de amianto da Eternit.

Na segunda-feira 3, em grau de apelação, a Corte de Torino aumentou de 16 anos de reclusão em regime fechado para 18 anos, em igual regime prisional, a pena imposta a Stephan Schmidheiny, um dos homens mais ricos do mundo e que, em página na Internet, se apresenta como um “benfeitor”, além de empreendedor, colecionador de obras de arte e pai de duas filhas.

A título de indenização, deverá pagar quase 95 milhões de euros. Isso aos 2.889 que se habilitaram como parte-civil.(continua) Fonte: Carta Capital

1 comentário

Arquivado em Notícias gerais

CAE aprova licença para trabalhador cuidar de filho doente

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou, nesta terça-feira (4), o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 137/2010, que muda a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para permitir ao empregado faltar ao serviço para acompanhar filho doente.

Conforme a proposta da deputada Sandra Rosado (PSB-RN), os pais poderão se ausentar do trabalho, sem prejuízo do salário, por até 30 dias por ano, para cuidar da saúde de filho de até 12 anos, desde que a necessidade do acompanhamento em horário coincidente com o de sua atividade profissional seja atestada por laudo médico. (continua) Fonte: Ag. Senado

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Bibliotecários e ebooks

e-book

O que profissionais precisam saber sobre esse assunto

Por Moreno Barros

Dia desses eu perguntei no facebook: alguma biblioteca brasileira já faz *empréstimo* de ebooks?

Apareceram algumas respostas interessantes, mas nenhuma que resolvesse a minha dúvida. Ainda não temos no Brasil um modelo comparável ao utilizado pelas biblioteca americanas, com conteúdo licenciado por empresas como overdrive, amazon e apple, com contratos bastante específicos em relação ao empréstimo de ebooks e controle de usuários, exatamente como fazemos aqui com os livros impressos.

Quando falo dessa modalidade de empréstimo de ebooks, não estou falando de arquivos textuais que podem ser lidos em browser e são apresentados em formatos pdf, txt. Esses existem há muito tempo, transvestido sob o nome de repositórios. Estou falando de ebooks que pertencem ao universo dos aparatos móveis, como kindle, ipads, celulares com android. Ebooks em formato mobi,epub, que possuem DRM ou não, que são interoperáveis entre os aparatos ou não, que são adquiridos pelos bibliotecas via licença ou aquisição perpétua. É disso que eu tô falando. (continua) Fonte: Biblioo

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Aprovado projeto que permite deduzir do IR despesa com livros técnicos e didáticos

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (4) projeto de lei  do Senado (PLS 549/11) que autoriza a dedução no Imposto de Renda dos gastos com  aquisição de livros técnicos. A proposta partiu do senador Randolfe  Rodrigues (PSOL-AP) e só vale para pessoas físicas. Além disso, os  livros têm que abordar assuntos específicos da área de atuação do  profissional.

Também estão incluídos no projeto os livros didáticos, inclusive os comprados pelo contribuinte para os dependentes dele. (continua) Fonte: Ag. Senado

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

5 de junho: Dia Mundial do Meio Ambiente

Este ano, a luta da ONU é contra o desperdício de comida (Trokilinochchi/Creative Commons)
O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado pela Organização das Nações Unidas em 1972 para marcar a abertura, no dia 5 de junho, da Conferência de Estocolmo, que foi a primeira reunião com representantes do mundo inteiro para discutir a relação entre o homem e a natureza.

A partir desta data, a preservação ambiental passou a ser discutida pelos países e começou a se tornar uma preocupação para as pessoas. Neste dia também foi criado o Programa Ambiental das Nações Unidas, com o propósito de promover essa conscientização.

Para este ano, de 2013, o tema levantado pela ONU é o desperdício de comida. Você sabia que todos os anos 1,3 bilhão de toneladas de alimentos vão para o lixo? Isso daria para alimentar toda a população do mundo que ainda passa fome, segundo as estimativas, 870 milhões de pessoas.

E você? O que faz para evitar o desperdício? Fonte: EBC

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Os 15 mandamentos do escritor segundo Nietzsche, Hemingway, Onetti e García Márquez

Os chamados mandamentos literários existem desde o surgimento da escrita. Aristóteles e Shakespeare foram pródigos em ensinar, por meio de conselhos, como se tornar um grande escritor. Gustave Flaubert, James  Joyce, Henry Miller e Anaïs Nin também deixaram suas versões. Neste post, uma compilação de conselhos literários (ou mandamentos literários) de quatro nomes fundamentais da literatura mundial dos últimos 150 anos: Friedrich Nietzsche, Ernest Hemingway, Juan Carlos Onetti e Gabriel García Már­quez. A compilação reúne ex­cer­tos de textos publicados na “The Paris Review”, na “Esqui­re” e no “The Observer”. Os con­selhos literários de Ernest
Hemingway foram adaptados por ele do Star Copy Style, o manual de redação do Kansas City Star, onde Ernest He­min­gway começou sua carreira jornalística em 1917.

1 — Mintam sempre.
(Juan Carlos Onetti)
2 — Elimine toda palavra supérflua.
(Ernest Hemingway)

continua na fonte: Revista Bula

Deixe um comentário

Arquivado em Frases-na-literatura

O Bibliotecário nas Telas de Cinema: Retrato Fiel ou Estereótipo?

Clique aqui para assistir.

Parte da apresentação do TCC “O Bibliotecário nas Telas de Cinema: Retrato Fiel ou Estereótipo?”, de Gilson P. Borges.

bibliotecário -  estereótipos

 

 

2 Comentários

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Domiciliados en un libro

Escritores escogen el libro que les gustaría habitar

El pintor Juan Gatti ha plasmado con tino lo que representa un libro: una puerta de entrada. Un lector está abocado a dividir en dos su realidad. Primero está la de su cotidianidad inmediata, con todas sus vicisitudes clásicas: una sucesión de trabajos y de parejas, la alternancia de frustraciones y esperanzas, el tiempo que se va embalando a medida que cumple años… Esas cosas. Luego, al abrir el ejemplar en cuestión, su experiencia se abre a otro mundo: el que un autor ha urdido con su imaginación y su memoria, elementos que pueden ir separados o mezclados, según el género de que se trate. Allí ocurren sucesos que, de entrada, le son ajenos, pero, misterios del arte literario, pueden acabar resultando muy propios, cuando la historia y los personajes le conciernen hasta tal punto que los acaba integrando en su propia existencia. A veces incluso siente un deseo apremiante de adentrarse en ese espacio y relacionarse directamente con los seres que lo habitan. Traspasar el umbral y meter las narices en la Rusia amenazada por las tropas napoleónicas de Guerra y paz de León Tolstoi, en los tres tempos históricos (periodo isabelino, victoriano y albores del siglo XX en Inglaterra) en que transcurre Orlando de Virginia Woolf, las guerras de Troya de la Ilíada y La odisea de Homero, la Barcelona plena de contrastes retratada por Marsé en Un día volveré… Esos son algunos de los territorios elegidos por los autores consultados por El Cultural: Ignacio Gómez de Liaño, Luisgé Martín, Luna Miguel, José María Merino, Joaquín Pérez Azaústre… (continua) Fonte: El Cultural

Los molinos vistos como gigantes por el Caballero de la Triste Figura

Fotograma de la película Orlando, protagonizada por Tilda Swinton.

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

TRT-RJ apresenta CLT em versão ilustrada

Confira! Fonte: TRT/1

CLT ilustrada

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

“Ler para Crescer” estimula a leitura no Amazonas

Soraia Magalhães - Quem está estimulando a leitura no Amazonas - Barco do Ler para Crescer - Foto Soraia Magalhães - COMTAGBarco do Ler para Crescer – Foto Soraia Magalhães

por Soraia Magalhães

Antes de iniciar esse texto dei uma olhada mais atenta sobre a aplicação da palavra estimular para ter certeza de estar usando o melhor termo que definisse o que vem fazendo o Instituto Ler para Crescer no estado do Amazonas. Procurando, encontrei uma série de sinônimos que me fez avaliar que sim, a palavra é mesmo adequada e possibilita compreender as ações do Instituto e seu impacto na vida das pessoas.

Foi em 2006 que o projeto seguindo inspiração na Pedagogia de Paulo Freire, teve início na cidade de Manaus e, ao longo dos anos, foi crescendo até se transformar em 2011 no Instituto Ler para Crescer.

Idealismo de sonhadores? Talvez sim, pois foram as amigas Elaine Elamid e Antonia Merllik, que pensaram os primeiros passos para criar oportunidades de incentivo a leitura para crianças carentes em um dos bairros de Manaus. Uma feliz providência, tendo em vista que um ano depois, a população, como um todo, passaria a viver sem a Biblioteca Pública Estadual do Amazonas. (continua) Fonte: Revista Biblioo

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia