Arquivo do dia: 12/04/2013

Exemplar do primeiro livro impresso nos Estados Unidos será leiloado: 15 a 30 milhões de dólares

Trata-se de uma nova tradução da versão em hebreu de “O livro dos salmos”. Não se leiloa nenhum exemplar desse livro desde 1947

O livro é considerado o mais valioso do mundo, com estimativa de 15 a 30 milhões de dólares (Emmanuel Dunand/AFP)O livro é considerado o mais valioso do mundo, com estimativa de 15 a 30 milhões de dólares

Uma edição muito rara do “Bay Psalm Book” (‘Livro de salmos da baía’), o primeiro livro impresso nas colônias que depois se converteram nos Estados Unidos, será leiloado pela Sotheby’s de Nova York em novembro, anunciou o leiloeiro, calculando que poderá alcançar entre 15 e 30 milhões de dólares. A obra de 1640 foi redigida por pastores puritanos na baía de Massachusetts, dois anos depois da importação da primeira prensa gráfica.

Trata-se de uma nova tradução da versão em hebreu de “O livro dos salmos”, mais fieis, segundo os autores, ao que haviam trazido da Inglaterra. A primeira edição do “Bay Psalm Book” foi impressa em Cambridge (Massachusetts) e um dos 11 exemplares conhecidos dessa edição será leiloado em 26 de novembro.

Não se leiloa nenhum exemplar desse livro desde 1947. Na ocasião, bateu todos os recordes para um livro impresso, segundo a Sotheby’s. O livro que será leiloado pertence a uma igreja de Boston, a Old South Church, que planeja financiar sua reforma e seus programas sociais. Fonte: Correio Braziliense

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Fale certo: o tomate ou o preço dele é que estão caros?

Clique aqui para assistir o vídeo. Fonte: blog da Dad Squarisi

fale certo - dad Squarisi

1 comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Carrefour é condenado a indenizar empregada que era chamada de “sapatona” por colegas

Uma empregada que era chamada de “sapatona” por colegas apenas por ser solteira conseguiu a condenação do Carrefour Comércio e Indústria Ltda. pela omissão da empresa em coibir essa conduta. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) manteve a responsabilização da empresa, mas reduziu para R$ 15 mil o valor a ser pago a título de danos morais. As instâncias inferiores haviam determinado o pagamento de R$ 50 mil, mas a Turma concluiu que esse valor não atendeu à proporcionalidade consagrada no artigo 944 do Código Civil (CC).  (continua) Fonte: TST

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Direito & Literatura: O barão nas árvores, romance de Ítalo Calvino

Direito e Literatura: do Fato à Ficção é um programa de televisão apresentado pelo procurador de Justiça do Rio Grande do Sul e professor da Unisinos Lenio Streck, no qual se discute, com convidados, uma obra literária e seu diálogo com o Direito. A obra abordada nesta edição é O Barão nas árvores, de Ítalo Calvino. Participaram do debate Jânia Lopes Saldanha, professora de Direito da Unisinos, e Maria Alice Braga, professora de Letras da Ulbra. Clique aqui para assistir. Fonte: Conjur

Lenio Streck

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

ABL elege Rosiska Darcy de Oliveira para a sucessão do poeta Lêdo Ivo

A Academia Brasileira de Letras elegeu no dia 11 de abril, a nova ocupante da Cadeira nº 10, na sucessão do poeta Lêdo Ivo, falecido dia 23 de dezembro do ano passado, em Sevilha, na Espanha. A vencedora foi a escritora Rosiska Darcy de Oliveira que, imediatamente após o resultado, abriu sua casa, no Rio de Janeiro, para receber seus confrades e convidados. A nova Acadêmica recebeu 23 dos 38 votos possíveis, seguida do poeta Antonio Cícero, com seis, do poeta Marcus Accioly, com cinco, e Mary Del Priore, com quatro. Votaram 26 Acadêmicos presentes, e 12, por cartas.

“A Academia está muito contente com a eleição da escritora Rosiska Darcy de Oliveira. E se sente enriquecida com o aumento de seu naipe feminino. Trata-se de uma pessoa muito competente e de convívio admirável”, declarou o Secretário-Geral da ABL, Geraldo Holanda Cavalcanti, que presidiu a sessão em substituição à Acadêmica Ana Maria Machado, Presidente da Academia, ausente por motivos particulares.

Saiba mais. Fonte: ABL

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Dr. Google: Juízes divergem sobre uso de internet para decidir

Por Marcos de Vasconcellos

Os brasileiros passam, em média, 27 horas conectados à internet por semana, segundo o estudo Futuro Digital do Brasil em Foco 2013, da consultoria comScore. A influência da tecnologia na tomada de decisões de executivos de grandes empresas é discutida globalmente em eventos como o Wisdom 2.0, que reuniu, este ano, 1,7 mil pessoas em São Francisco (EUA). No Judiciário não é diferente. A presença dos buscadores virtuais, como o Google, no trabalho dos juízes tem sido motivo para intensas discussões no meio.

O processo civil moderno tem admitido uma atuação cada vez mais ativa do juiz na apuração dos fatos. “É o que a doutrina chama de busca da verdade real, justificada pelo caráter público do processo”, explica o ministro Gilmar Mendes (foto), do Supremo Tribunal Federal. Segundo a doutrina, o juiz não deve ficar inerte diante das provas produzidas pelas partes caso elas não sejam esclarecedoras o bastante. No Brasil, o próprio Código de Processo Civil traz, em seu artigo 130, uma abertura para a atuação menos passiva dos juízes. O artigo diz que “caberá ao juiz, de ofício ou a requerimento da parte, determinar as provas necessárias à instrução do processo, indeferindo as diligências inúteis ou meramente protelatórias”, para melhor formação da convicção.

Com base nesse dispositivo, diz o ministro, muitos juízes buscam, por conta própria, informações adicionais para melhorar a instrução do processo. “Talvez não se possa dizer aqui que se trata propriamente de uma investigação ‘fora dos autos’, desde que as fontes pesquisadas sejam citadas e se dê às partes a oportunidade de se manifestar sobre as informações trazidas aos autos”, pontua. Ou seja: a pesquisa e as provas obtidas nela, se servirem para o convencimento do juiz, devem ser explicitadas na sentença, como dita o artigo 131 do CPC. (continua) Fonte: Conjur

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Relator vai propor redução para 10% da multa na demissão de empregados domésticos

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), relator da comissão mista encarregada de regulamentar dispositivos da Constituição e consolidar a legislação federal, sugeriu a redução para 10% da multa incidente sobre o saldo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no caso de demissão sem justa causa de trabalhadores domésticos. A regra geral é de 40%.

A regulamentação da Emenda Constitucional 72/2013, que amplia os direitos trabalhistas dos empregados domésticos, é uma das primeiras tarefas da comissão formada por senadores e deputados. Jucá espera apresentar uma proposta de normatização dos novos direitos, com outras reduções de encargos, até o fim de abril. (continua) Fonte: Ag. Senado

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Ato Público contra a PEC 37 (PEC da Impunidade) na Assembléia Legislativa do RN, nesta sexta-feira, 12 de abril de 2013

Audiência pública contra a PEC 37 na Assembleia Legislativa do RN: evento transmitido pela TV Assembleia.

Procuradora Regional do Trabalho Ileana Neiva compõe a mesa, como representante do Marcco/RN.

Link permanente da imagem incorporada

Veja também: MPRN realiza ato público contra PEC-37. Fonte: Tribuna do Norte

Conheça o texto da PEC 37.

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos

(In)segurança do trabalho (120)

Foto da galeria Vote na Imagem da Edição 257 - Maio/2013Em uma obra na cidade de Mariana/MG, funcionário realiza trabalho de perfuração sem os devidos EPIs. Além das luvas de segurança, ele não faz uso dos óculos de proteção que o protegeria da projeção de materiais cortantes. Fonte: Revista Proteção

Deixe um comentário

Arquivado em (in)segurança no trabalho