Arquivo do dia: 10/04/2013

Artigo: O burro Benjamin e a indústria do medo. Policial militar como segurança particular é empregado?

Por José Geraldo Fonseca

(…) Assim como nos casamentos, toda relação entre patrão e empregado tem duas fases:  a do “meu bem” e a dos “meus bens”. Na fase do “meu bem” ninguém tem defeitos;  na fase dos “meus bens” ninguém tem virtudes. Quase todo dia a Justiça do  Trabalho julga casos em que o policial civil ou militar, para ganhar mais alguns  caraminguás e reforçar o orçamento doméstico, faz bico de segurança na  iniciativa privada durante as folgas da corporação. De modo geral, executam  esses serviços pelas mãos de um terceiro, também policial, quase sempre um  oficial de patente superior à dos prestadores do serviço. Há uma lógica perversa  nesse rentável comércio do medo. ”

Leia mais: http://jus.com.br/revista/texto/24160/o-burro-benjamin-e-a-industria-do-medo#ixzz2Q5Xel89v

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Com cara de game, app para tablets em 3D substitui livro didático no Rio

Aplicativo tenta levar para sala de aula experiência de vida dos alunos.
São 180 estudantes no Rio e 35 mil no Amazonas, diz empresa.

Enquanto as telas sensíveis ao toque e aplicativos parecem ganhar de professores e lousas cobertas de giz o cabo de guerra pela atenção de alunos em sala de aula, uma empresa paulista assumiu que tablets e smartphones fazem parte do material escolar e transformou em negócio a criação de conteúdo para estes aparelhos.

Desde o começo do ano, já são 180 os alunos que estudam com os aplicativos da EvoBooks no Rio de Janeiro. No Amazonas, o recurso é utilizado por professores em aulas à distância em um projeto piloto que atinge mais de 35 mil alunos. (continua) Fonte: G1

Aplicativo da EvoBooks exibe conteúdo didático em 3D e em alta resolução para levar experiências dos alunos com games à sala de aula (Foto: Divulgação/EvoBooks)Aplicativo da EvoBooks exibe conteúdo didático em 3D e em alta resolução para levar experiências dos alunos com games à sala de aula (Foto: Divulgação/EvoBooks)

 

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Em leilão, livros raros podem valer até R$ 150 mil

Senhores engravatados e jovens despojados ocupam as cadeiras da sala de reunião de um hotel de luxo na capital paulista. Eles estão prestes a participar de mais um leilão de livros raros e papéis antigos, evento que acontece pelo menos duas vezes por ano. Alguns se cumprimentam com um aceno tímido da cabeça.

A simpatia, porém, dura pouco, pois há muita coisa em jogo. A obra mais cara do catálogo é um livro de gravuras feito a mão, de Maurice Rugendas, que esteve no Brasil em 1822: lance inicial de R$ 150 mil. (continua) Fonte: Revista Exame

Estante de biblioteca repleta de livros antigosEstante de biblioteca repleta de livros antigos: para um colecionador, as obras mais raras são verdadeiros objetos de desejo

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Avaliação dos periódicos assinados pela Biblioteca do MPT/RN

Senhor usuário (apenas membros, servidores, estagiários e colaboradores deste MPT/RN),

Visando o desenvolvimento da  coleção de periódicos desta desta Biblioteca do MPT/RN, solicitamos que responda às enquetes anexas referentes aos periódicos (revistas e boletins) que esta Biblioteca assina.

Para conhecer melhor os periódicos a serem avaliados acesse https://bibliotecaprt21.wordpress.com/sumario-de-periodicos/ ou o endereço específico no cabeçalho de cada enquete.

Solicitamos também que faça livremente seus comentários e sugestões de novos periódicos.

CLIQUE AQUI PARA AVALIAR

Deixe um comentário

Arquivado em Enquetes, Sumário de Periódicos

Domésticas – o que faltou dizer.

Por José Patore

Se a sua empregada doméstica precisar fazer uma hora extra, lembre-se de que ela terá de descansar 15 minutos antes de começar. Se você precisa de muitas horas extras, atente que ela não pode exceder dez horas por semana. Se dorme ou não no emprego, ela terá de ficar 11 horas sem trabalhar depois de encerrada uma jornada.

Atenção: ela não pode comer em menos de uma hora em cada refeição. Se ela demorar mais de dez minutos para entrar no serviço, trocar de roupa ou tomar banho na hora da saída, esse tempo será contado como hora extra.

Veja mais. Fonte: Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos e entrevistas

Participe do projeto: Leia Vinícius

Leia Vinicius é um projeto colaborativo em homenagem ao centenário do poeta Vinicius de Moraes, celebrado em 2013. Idealizado pelo site Catraca Livre, com o apoio da editora Companhia das Letras, ele convida o público a uma releitura do “Livro dos Sonetos”, um dos títulos consagrados do escritor carioca.

Para participar, o leitor deve gravar em vídeo a leitura de um dos poemas do livro, disponibilizar o registro no YouTube e inscrevê-lo no formulário abaixo. Todos os sonetos estão disponíveis gratuitamente na página oficial dedicada ao escritor na internet: www.viniciusdemoraes.com.br.

O desafio do projeto junto aos leitores é lançar uma versão virtual da obra no dia 23 de abril, Dia Internacional do Livro. Na página leiavinicius.tumblr.com serão reunidas versões em vídeo dos 57 sonetos constantes na obra. A fim de inspirar novos leitores, os vídeos poderão ser vistos e compartilhados pela web a qualquer hora e em qualquer lugar.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Projeto que proíbe motorista de assumir função de cobrador será debatido

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público discute hoje, às 14h30, o projeto de lei que proíbe motoristas de ônibus urbanos de exercer simultaneamente a função de cobradores. O debate será realizado no Plenário 12.

Segundo a proposta (PL 2163/03), as empresas que descumprirem a medida estarão sujeitas ao cancelamento da concessão ou à aplicação de sanções contratuais, conforme determina a Lei das Concessões (8.987/95). O projeto foi rejeitado pela Comissão de Viação e Transportes, e agora está sendo analisado pela Comissão de Trabalho. (continua) Fonte: Ag. Câmara

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Empregado de companhia aérea agredido por clientes irritados por atrasos de voos será indenizado

Atrasos e cancelamentos de voos já fazem parte da rotina dos aeroportos brasileiros. Também há algum tempo a mídia vem divulgando os problemas que envolvem o setor, cuja demanda aumentou em muito nos últimos anos. Nesse contexto, muito se fala a respeito dos direitos dos consumidores. Mas e os empregados das companhias aéreas? Como ficam nessa história? Vítimas da situação, muitas vezes eles são desrespeitados por passageiros indignados, sem ter muito o que fazer. Afinal, está em jogo o próprio emprego, fonte de sustento do trabalhador.

Inconformado com as agressões sofridas por clientes, em razão dos constantes atrasos de voos, um ex-empregado decidiu ajuizar uma reclamação na Justiça do Trabalho contra a companhia aérea onde trabalhou. Ele pediu o pagamento de indenização, dizendo que o dano moral, no caso, pode ser presumido pela própria conduta ilícita da ré. (…)

“O magistrado constatou, por meio de várias reportagens juntadas ao processo, que as dificuldades operacionais da empresa geraram atrasos e cancelamentos de voos. Segundo ele, não se tratava de problemas corriqueiros do dia a dia, não sendo a culpa simplesmente da infraestrutura aeroportuária ou das condições meteorológicas, como alegou a ré.” (continua) Fonte: TRT/3

Passageiros fazem fila pars check-in. Edson Silva/Folhapress

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

(In)segurança do trabalho (118)

Foto da galeria Vote na Imagem da Edição 257 - Maio/2013Durante instalação de rede telefônica em um bairro paulista, funcionários da empresa de telefonia realizaram o trabalho sem nenhuma proteção contra queda e choque-elétrico. Fonte: Revista Proteção

Deixe um comentário

Arquivado em (in)segurança no trabalho