Arquivo do dia: 03/04/2013

O incrível resgate das bibliotecas do Mali

Como os livreiros de Timbuktu conseguiram salvar manuscritos de 800 anos, que comprovam a existência de Idade Média documentada na África, em meio à desolação da guerra

chamada.jpg

O livreiro e bibliotecário da cidade de Timbuktu Abdel Kader Haidara é um herói. No final de 2012, ao testemunhar o recrudescimento do conflito entre radicais islâmicos e o governo de seu país, o Mali, no noroeste da África, ele não esperou para ver qual destino teriam os raríssimos manuscritos que ele e outros livreiros guardavam caso uma guerra de fato eclodisse. Homem de ação, Haidara reuniu os colegas de profissão e, com apoio internacional, deu início a uma incrível operação de retirada preventiva da coleção, que conta com mais de 250 mil exemplares. Foram muitas viagens entre Timbuktu e Bamako, capital do país africano para onde as obras foram levadas, até que 80% do acervo estivessem a salvo. O trajeto de 700 quilômetros foi feito repetidamente em carros civis disfarçados de trasportadores de frutas e verduras abastecidos com gasolina custeada pelo Ministério de Relações Exteriores da Alemanha. No caso do resgate da biblioteca do Instituto Ahmed Baba, o trabalho foi tão profissional que nem o prefeito da cidade, Hallé Ousmani Cissé, soube da operação. Questionado em janeiro pelo jornal inglês “The Guardian” sobre o que ocorrera no Ahmed Baba, foi enfático. “Os manuscritos foram queimados.” (CONTINUA) Fonte: Revista Isto É Independente

BIBLIOTECA-2-IE-2260.jpg

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Após furacão, o serviço das minibibliotecas

Com a passagem do furacão Sandy, muitas bibliotecas de Nova Iorque ficaram impossibilitadas de prestar os seus serviços. Desta forma, um grupo de bibliotecários (Urban Librarians Unite) decidiu criar uma rede de minibibliotecas distribuídas por toda a cidade. Esta ideia permite que o serviço de empréstimo de livros continue ativo. Fonte: Balcão de Biblioteca

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

20 anos da terceirização no Brasil, participe do debate na Câmara

Internautas poderão participar da discussão pelo e-Democracia, a partir das 14 horas.

Os 20 anos do uso de mão de obra terceirizada e a regulamentação da atividade no Brasil serão discutidos em seminário promovido hoje pela Comissão de Legislação Participativa.  O evento abordará os aspectos sociais,  jurídicos e econômicos a respeito do tema e será realizado a partir das 14 horas, no Plenário 3. Tramitam na Câmara várias propostas que tratam do assunto, como a PEC 133/12, que veda a terceirização nos serviços de saúde; o PL 4115/12,  que proíbe a prática nas áreas de limpeza e merenda escolar; e o PL 4330/04, que regulamenta as terceirizações nos serviços público e privado.

Durante a realização do seminário, o portal e-Democracia, da Câmara, vai realizar uma discussão on-line, em tempo real, por meio de um link, para que internautas possam fazer comentários e sugestões sobre os assuntos em debate na Comissão de Legislação Participativa. (continua) Fonte: Ag. Câmara

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Necessidade de negociação para demissão em massa tem repercussão geral reconhecida

Supremo Tribunal Federal reconheceu a existência de repercussão geral na matéria constitucional tratada num Recurso Extraordinário com Agravo (ARE 647651) no qual se questiona entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que determinou a exigência de negociação coletiva para que uma empresa possa promover a demissão em massa de empregados.

O caso examinado diz respeito à demissão, em fevereiro de 2009, de cerca de 4.200 trabalhadores pela Empresa Brasileira de Aeronáutica S/A (Embraer) e pela Eleb Equipamentos Ltda. Ao julgar recurso ordinário no dissídio coletivo interposto pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região contra as empresas, a Seção Especializada em Dissídios Coletivos do TST entendeu que a dispensa coletiva, diferentemente da individual, exigiria a aplicação de normas específicas.

O fundamento foi o de que, no âmbito de direito coletivo do trabalho, esse tipo de dispensa não constitui poder potestativo do empregador e exige, portanto, a participação do sindicato dos trabalhadores, a fim de representá-los e defender seus interesses. No caso de a negociação se mostrar inviável, caberia a instauração de dissídio coletivo. (continua) Fonte: STF

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Revista Zênite nº 228

Encontra-se disponível na Biblioteca do MPT/RN. Veja sumário

Revista Zênite nº 215 - capa

Deixe um comentário

Arquivado em Sumário de Periódicos

Jornada abusiva nas Lojas Americanas de Natal/RN poderá gerar indenização de R$ 15 milhões

Trata-se de uma das condutas apontadas em ação ajuizada pelo MPT/RN por irregularidades trabalhistas constatadas nas filiais das Lojas Americanas, em Natal

Trabalhar sem poder saber a hora que precisa chegar e a hora que pode sair? A jornada dos trabalhadores das Lojas Americanas em Natal depende do fluxo de clientes na loja, com duração que pode ser de 6h ou 7h20 e em turnos diferentes, conhecida como jornada móvel variável. Essa é uma das irregularidades que motivaram o Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN) a mover ação contra a empresa. Para a procuradora regional do Trabalho Ileana Neiva, que assina a ação, “é uma jornada abusiva, pois o trabalhador precisa estar à disposição integral da empresa, de prontidão para o trabalho assim que houver convocação, o que reflete em todos os aspectos da sua vida, pois o impede de programar desde uma consulta médica até a realização de um curso, por exemplo”.  (continua) Fonte: Ascom MPT/RN. Ouça a notícia

Veja também: Lojas Americanas é acusada por jornada abusiva pelo Ministério Público do RN. Fonte: IG

                              

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Biblioteca e Casa da Cultura Vennesla

 A Biblioteca e Casa da Cultura Vennesla destaca-se pelo seu excelente design localizado, no interior Vennesla (in Noruega), desenhado por Helen & Hard. O edifício inclui uma biblioteca, um café, salas de reunião e áreas administrativas e ligações para um centro de ensino para a comunidade. Trata-se de um espaço convidativo e atrativo em que todas as principais funções públicas foram reunidas , ao mesmo tempo permite que a estrutura do edifício faça parte do mobiliário e que todas estas interfaces espaciais múltiplas sejam visíveis no interior e no exterior.
Toda a biblioteca é composta por 27 “costelas” pré-fabricadas de madeira laminada. Estas costelas configuram a geometria da cobertura, assim como a orientação ondulante do espaço aberto, com zonas de estudo privadas e encravadas ao longo do perímetro. Fonte: Balcão de Biblioteca. Veja mais

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia