Arquivo do dia: 10/03/2013

Rede da Memória Virtual Brasileira

A Rede da Memória Virtual Brasileira disponibiliza conteúdos digitais inéditos de relevância para a cultura nacional: acesse. Fonte: Biblioteca Nacional

Oscar Niemeyer – Projetos Nacionais Fund. Oscar Niemeyer Oscar Niemayer

batalha navalBatalha naval do Riachuel0 /Guerra do Paraguai – Litografias – Arquivo Histórico/MHN

Deixe um comentário

Arquivado em E-books, Bibliotecas Digitais

Pequenas bibliotecas em formato de casinha se espalham pelo mundo

Como tributo a sua mãe, que era professora, Todd Bol, de Wisconsin (EUA), colocou num terreno abandonado perto de onde mora uma pequena casinha de madeira com livros dentro. Com o intuito de promover a leitura e o senso comunitário, os livros ficavam disponíveis para qualquer um que quisesse ler. Com a ajuda do amigo Rick Brooks essa iniciativa se tornou o “Little Free Library” (Pequena Biblioteca Grátis), que se espalhou por 17 países e já tem mais de 2.000 unidades. Agora, o plano é “invadir” a África para levar 2.500 livros para lá. Clique aqui para conhecer algumas. Fonte: Catraca Livre

casinhas bibliotecas

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

As mais belas bibliotecas de museus

Nos museus também poderemos encontrar bibliotecas magníficas e tal como prometido ficam aqui as restantes fotos das onze mais belas bibliotecas de museus do mundo:
Extensão da Biblioteca do Museu
Joanneum (Aústria)
Museu Iwaki (Japão)
Biblioteca do Museu Histórico da
Resistência (Sant’Anna di Stazzema, Itália)

2 Comentários

Arquivado em Ciência da Informação: Biblioteconomia e arquivologia

Os personagens mais mal-humorados da história da literatura

Pedi aos leitores, seguidores do Twitter e Facebook — escritores, jornalistas, professores —, que apontassem, entre personagens literários conhecidos, quais eram os mais mal-humorados da história da literatura universal. Na lista, aparecem personagens dos mais díspares perfis, em comum entre eles apenas o mau-humor crônico. De Holden Caulfield, criação de J. D. Salinger em “O Apanhador no Campo de Centeio” — o mais citado —, até o Deus vingativo do Velho Testamento bíblico. Clique aqui para ver a lista baseada no número de citações e uma pequena amostra do humor colérico dos personagens selecionados.  Fonte: Revista Bula

salinger

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa