Natal é festa religiosa e se escreve com inicial maiúscula

O fim do ano chegou. Como ele, as festas mais badaladas do calendário  cristão. O Natal domina o cenário. Vitrines, pinheiros, presépios, Papais Noéis,  pisca-piscas fazem a festa. O bolso, engordado com o 13º salário, dá coceira.  Estimula as compras e conjuga o verbo presentear. A lembrancinha, claro, vai  acompanhada de cartão. Aí, todo cuidado é pouco, pouquíssimo. Tropeços roubam o  brilho do gesto. Olho vivo. O blogue dá dicas pra que a mensagem acrescente  lantejoulas ao pacote jeitoso.

Natal

Natal é festa religiosa. Tem pedigree. Por isso se escreve com inicial  maiúscula como Páscoa, Missa do Galo, Dia de Reis. Flexiona-se no plural do  mesmo jeitinho que os demais nomes próprios:     Passei vários Natais com a  família. Agora mudei de planos. Vou cair no mundo. Volto no Dia de  Reis.  

Companhia

Atenção, muita atenção. Natal é nome próprio. Os adjetivos que o acompanham  não têm nada com a grandeza do dissílabo. Grafam-se com a inicial mixuruca.  Assim:     Pra você, feliz Natal. Espero um ótimo Natal pra mim, meus amigos e  meus inimigos. Fonte: Blog da Dad

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura, Livros, Língua Portuguesa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s