Arquivo do dia: 24/08/2012

Revista Zênite – Informativo de Licitações e Contratos nº 221 – jul/2012

veja sumário

 

Deixe um comentário

Arquivado em Sumário de Periódicos

Quem trabalha com derivados do tabaco poderá receber adicional de insalubridade

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3677/12, do deputado Glauber Braga (PSB-RJ), que garante o pagamento de adicional de insalubridade para os trabalhadores de estabelecimento fabricante de produtos derivados do tabaco ou nos quais seja permitido o fumo. De acordo com a proposta, o adicional será fixado pelo Executivo. O autor ressalta que os trabalhadores de estabelecimentos fabricantes ou que permitem o uso do fumo são afetados drasticamente pelo contato com o produto, estando sujeitos ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares e respiratórias. “Não é crível que um trabalhador seja exposto todos os dias em seu local de trabalho ao tabagismo, ou seja, em condição insalubre, sem receber atenção especial por conta dos danos sofridos”, afirma o parlamentar. Tramitação
A matéria tramita em caráter conclusivo e será examinada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Fonte: Agência Câmara.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias legislativas

Prosseguem exposições de especialistas sobre amianto no STF

Nesta tarde, prossegue a audiência pública convocada pelo ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, destinada a debater o uso do amianto na indústria brasileira. Fonte: STF

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos

SDI-1 afasta prescrição em processo de empregado aposentado por doença mental

Com o entendimento de que contra o “absolutamente incapaz” não corre prazo prescricional, a Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho deu provimento a recurso de um empregado do HSBC Bank Brasil S. A. (Banco Múltiplo), aposentado por doença mental, e reformou a decisão que havia indeferido os pedidos do bancário, por considerar que a ação foi ajuizada tardiamente em relação ao prazo legal. (…) Veja mais. Fonte: TST

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

Editora lança livro que apaga em 2 meses

por Daiana Stolf, do site Porvir

Comprar um livro, folhear algumas páginas e depois aposentá-lo em uma prateleira precisa ser um hábito revisto, caso o leitor adquira um exemplar lançado este ano por uma editora argentina. Quem seguir esses passos, vai perder a história e, ao final, quando quiser desfrutar a leitura, vai se deparar apenas com páginas em branco: o texto vai desaparecer após 60 dias.

Com prazo de validade para leitura, El libro que no puede esperar (O livro que não pode esperar, em tradução livre) é impresso com uma tinta especial, que vai desaparecendo bem devagar, conforme entra em contato com a luz. A ideia é estimular que as pessoas leiam seus livros imediatamente após a compra. A iniciativa, criada pela editora independente Eterna Cadencia e a agência de publicidade DraftFCB, também pretende ajudar jovens autores latino-americanos a terem seus trabalhos lançados ou reeditados. Leia matéria completa. Fonte: UOL

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Frases da literatura (7)

 “A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde” -André Maurois

Deixe um comentário

Arquivado em Frases-na-literatura