Arquivo do dia: 20/07/2012

Lição de acessibilidade em quadrinhos infantis

clique aqui para ver na íntegra

Deixe um comentário

Arquivado em Fotos, audios e vídeos

Revista Zênite nº 220 – junho/2012

veja sumário

Deixe um comentário

Arquivado em Sumário de Periódicos

700 mil brasileiros se acidentam no trabalho por ano

O número era de 756 mil em 2008 e caiu para 701 mil em 2010, o que significou uma redução de 7,2% em dois anos, segundo estudo divulgado nesta quinta-feira (19) pela Organização Internacional do Trabalho-OIT.

A queda se verificou em 17 dos 27 Estados. Com isso, a Taxa de Incidência de Acidentes do Trabalho, que era de aproximadamente 23 por mil vínculos empregatícios em 2008, declinou para 21,6 em 2009 e para 19,1 em 2010.

A taxa mais alta do país foi registrada em Alagoas (30,2 para cada mil vínculos), sendo também significativamente elevada em Santa Catarina (26,3) e no Rio Grande do Sul (24,6).

 
Em dois anos o número de trabalhadores acidentados caiu 7,2%

 

 

 

 

 

Veja mais. Fonte: Tribuna da Bahia.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

Pepsico do Brasil pagará hora extra por tempo gasto em ginástica laboral

Exigência da empresa, a participação na ginástica laboral rendeu a uma trabalhadora o pagamento, como hora extra, do tempo gasto em exercícios físicos nas dependências da Pepsico do Brasil Ltda. A empresa recorreu contra a condenação, mas a Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu do recurso de revista. Apesar de não ter sido julgado o mérito da questão, a decisão é definitiva, por não estar mais sujeita a recurso. Com horário de trabalho das 22h30 às 06h, a autora da ação contou, em seu depoimento, que antes de registrar o ponto ela trocava de roupa e fazia a ginástica laboral por determinação da empresa. Fonte: TST. veja mais

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias jurisprudenciais

JTb – Jornal Trabalhista Consulex nº 1432

veja sumário

Deixe um comentário

Arquivado em Sumário de Periódicos

Empregados domésticos com carteira assinada não chegam a 40% em todos os estados do Brasil

A formalização entre empregados domésticos não chega a 40% em nenhum dos estados brasileiros. Apesar dos dados do relatório Perfil do Trabalho Decente no Brasil: um Olhar sobre as Unidades da Federação, divulgado hoje (19) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), indicar que houve avanços na formalização dos trabalhadores do país – que chegou a 53,6% entre 2003 e 2010 -, o acesso à proteção social, a benefícios e à Previdência não atingiu os trabalhadores domésticos – ocupação que inclui empregadas, diaristas, jardineiros, motoristas, entre outras funções.  Fonte: Tribuna do Norte ( veja mais) e Agência Brasil (veja mais)

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias gerais

(In)segurança do trabalho (70)

Foto da galeria Vote na Imagem da Edição 248 - Agosto/2012
Foto: Revista Proteção

Deixe um comentário

Arquivado em (in)segurança no trabalho